Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Ginásio Conselheiro Lafayete Autor(a): Adelmo Vidal - Conheça esse autor
História publicada em 04/06/2008

Ficava na Lapa. Era particular. Depois passou para o Estado com o nome de Ginásio Anhanguera. Estudei em ambos, quero dizer: no primeiro ano, quando era particular, e depois, quando passou para o Estado. Como curiosidade, lembro do hino da escola, cuja primeira estrofe era assim:

Nesta casa aprendemos a ser fortes,
nas ciências, nas letras e nos esportes.
Bom futuro por certo nos promete
o Ginásio Conselheiro Lafayete.

e-mail do autor: adelmovidal@uol.com.br

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 27/08/2011 E o hino por certo confirmou, pois voce teve um futuro bem melhor do que a que voce a situacao que nasceu.
Abracos
Enviado por celia - celia@sapucahy.org
Publicado em 10/06/2011 Últimas estrofes do Hino:-
Mas permanece e não se evola
O nosso amor pela nossa grande escola
O passado no futuro se reflete
Gloria ao Mestre Conselheiro Lafayette
Enviado por Eunyldes - awidmer1@hotmail.com
Publicado em 29/05/2011 estudei no ginásio Anhanguera e tive aulas com os professore, Dr. Juvenal de Cièncias, Dna Silvia de frances, bruno e Custodio de matemática, dna cecilia de geografia, Dr. Hernani grimaldi de latim Dr. Fernando de portugues e por ai vai, me formei em 1956. Gostaria de saber de outros colegas da mesma época. Enviado por Hortencia B. Piacsek - hbpiacsek@gmail.com
Publicado em 26/05/2011 A segunda estrofe do hino:-
Tudo passa, tudo termina
o que hoje é graça,
amanhã será ruína.......(essa é a segunda estrofe.
Enviado por Eunyldes Bispo Widmer - awidmer1@hotmail.com
Publicado em 26/05/2011 A segunda estrofe do hino:-
Tudo passa, tudo termina
o que hoje é graça,amanhã será ruina
amanhã será ruína.......(essa é a segunda estrofe.
Enviado por Eunyldes Bispo Widmer - awidmer1@hotmail.com
Publicado em 20/05/2010 O Ginásio Cons. Lafaiete, que passou a ser Ginásio Anhanguera,atual P. Barreto ficava no prédio Sito à Rua Clélia, esquina c/ Rua N.S. da Lapa foi fundado pelo Dr. José Getúlio de Lima Enviado por Raymundo Cardoso - raymundo.cardoso@terra.com.br
Publicado em 09/10/2009 Quero corrigir um ponto do meu comentário: o uniforme do Anhanguéra não era avental e sim um jaléco branco. Enviado por elmir zanotti - elmirzanotti@yahoo.com.br
Publicado em 07/10/2009 Acredito que eu tenha sido colega do Adelmo.Pois assim como êle, estudei quando era particular e depois quando passou para o Estado.Na ocasião o Lafayete mudou-se para o Piqueri.
No Anhanguera o uniforme dos meninos era um avental branco. No lafayete o uniforme era uma fardinha.
Eu pegava todas as manhãs o onibus Lapa 36 na rua Clélia. O ano foi 1947 e 1948.
Enviado por elmir zanotti - elmirzanotti@yahoo.com.br
Publicado em 19/08/2009 Muito interessante,estudei no Ginásio Anhanguera entre 1959 e 1963 e não sabia que foi ginásio particular! Enviado por leo pietari lehto - leolehto@hotmail.com
Publicado em 20/06/2008 Não sei qual foi a negociação. A verdade é que o Estado assumiu o imóvel, não sem antes fazer um exame de seleção aberto a toda população. Os antigos alunos que não conseguiram classificação tiveram que procurar outra escola. Enviado por adelmo vidal - adelmovidal@uol.com.br
« Anterior 1 2 Próxima »