Leia as Histórias

Categoria - São Paulo da cultura, gastronomia, lazer e oportunidades Bailes da Chic Show Autor(a): Agnaldo Leandro da Silva - Conheça esse autor
História publicada em 20/02/2009
Todos os finais de semana na década de 70/80, nos quatro cantos da cidade, aconteciam os bailes da Chic Show. Representando a zona norte (onde eu nasci) tinha na Brasilândia, na zona leste o Guilherme Giorgi, na zona oeste o Asa Branca, em Pinheiros, e na zona sul... não me lembro, eu ia muito no Maringa Danças, curti o Transa Negra na zona sul.

Mas voltando ao Chic Show, só bailes da melhor qualidade, quem gostava de dançar samba-rock, balanços e lindas melodias estava em casa...

Lembro-me que sempre uma vez por mês a Chic Show mandava um baile com celebridades da época no Palmeiras (Tim Maia, Jorge Ben, Sandra Sá, Djavan, Claudio Zolli, Bebéto e outros); nos telões do salão, só clipes internacionais da época (os Jackson Five, Michael Jackson, Jimmi Borrone, Aretha Franklin, Marvin Gaye, Johnny Rivers e outros).

Que saudade daqueles bailes. A gente ia no Isaac, da Rua Maria Antonio, mandar fazer sapatos bico fino e mocassins para ir ao baile do mês. Tinha que ir a caráter, com a roupa da moda, sempre bem arrumado e cabelo cortado nas Grandes Galeria, da 24 de Maio, podia ser no Gê, no Almir e outros salões do centro.

Nos salões de cabeleireiro a conversa era somente sobre o baile do mês no Palmeiras, inclusive os convites do baile vendiam ali mesmo, na mão dos cabeleireiros. Lembro-me que as mulheres também arrumavam seus cabelos nestes salões, e como elas ficavam lindas e maravilhosas para a noite, que saudade, sempre flertava com elas, quem sabe conseguia um encontro para a noite ali mesmo.

Nós dançávamos a noite inteira e encontrávamos com um monte de amigos no salão, abriam aquela roda de dança onde todos mostravam a sua ginga. Tinha o Nélsão, da zona leste, o cabelo black dele era gigante e ele dançava muito, ele e outros tomavam conta das rodas de dança, muito legal.

Aquela época era só festas, pois tinham as festas de chopp´s nas quadras das escolas de samba e os bailes da grande Chic Show.

Esta magia ainda pode ser relembrada, pois sempre que possível vou aos bailes da casa de Portugal (Liberdade), ou no Club Homs (Paulista), curtir os bailes do Os Carlos, Musicália dançante e Musicaliando.

Abraços a todos os que curtiram esta época.

e-mail do autor: agnaldoleandro@gmail.com E-mail: agnaldoleandro@gmail.com
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 27/07/2012 Galera chic Show esta de volta...terá uma festa dia 22 de setembro, SÁBADO -
CLUBE BANESPA - AV. STO AMARO - PRÓXIMO A ESTATUA DO BORBA GATO .
TOP DJS COM OS GRANDES SUCESSOS DA CHIC SHOW, NOSTALGIA, FLASH BACK, SAMBA ROCK,
!!!!!!!!!SÓ OS MUSICÃO PARA VOCÊ BALANÇAR......NO PASSINHO, NO PASSINHO...
TÁ TODO MUNDO CONVIDADO!!!!!
BLACK IN LOVE AO VIVO COM LUIZÃO DA CHIC SHOW .
Vale a pena relembrar!!! fica a dica para todos.
Enviado por solange - solanbert@hotmail.com
Publicado em 15/07/2012 BOM dia p nois é muito bom reelembrar essa época Enviado por josue - cronickLD@yahoo.combr
Publicado em 29/06/2012 valeu aguinaldo eu vania tambem curti muito aquela epoca voce nao esqueceu de nada era tudo muito 10 so para lembrar teremos hoje nos os carlos o quande baile fui. Enviado por vania - wallacejoao@bol.com.br
Publicado em 17/06/2012 Este meu irmão é saudosista,e revira minha memoria e não citou a COMPANY SOUL com os bailes na Associação Atlética São Paulo nos finais dos anos 70,puxa ele nasceu em 1965 não podia entrar mas eu contava como foi o BAILE quantas mulheres lindas.Mano quanta saudades. Enviado por Adalberto Leandro da Silva - asilva5268@ig,com.br
Publicado em 31/05/2012 Cara que saudade, viajei longe relembrei dos bailes onde comecei a curtir Guilherme Giorge, Clube da Cidade nas 6a. feiras onde vi o meu marido pela 1a. vez, Neon Club no domingo onde fiquei de olho nele, Palmeiras onde comecei a namorar c/ meu marido, Cris, Sunset, Roller, Samba do camisa onde também tinha os bailes da Chic Show, tempos em que valia apena atravessar sao paulo para curtir uma festa boa, Meu marido era de pirituba e eu de Itaquera, Vale lembrar dos busão
terminal carrao "famoso Sao Judas" " Term. S. Mateus " tudo lotado, tinha ate um samba antes de começar o baile do neon, a sacada pra dar uma refrescada e na hora do agito a escada pegava fogo, conheci muitas pessoas, e ainda tenho amizade com muitas delas, infelizmente muitos ja nao estam aqui , para compartilhar o que estou sentindo neste momento.
Lembro até das marcas de roupas, especialmente a SIDE WALK, que uso ate hoje.
Agradeço por me fazer relembrar.
MOMENTOS FELIZES.
Enviado por ANDREA - andrea_silveirac@hotmail.com
Publicado em 18/05/2012 Poxa!!!!!!!! Lembrar desta época é tudo de muito bom...Neon club , diamante , Rua do Samba, Asa Branca, Clube da cidade, Sideral(Tucuruvi)...fora as grandes festas do Palmeiras, maravilhosas.Samba rock do melhor e melodias inesquecíveis. Curti muito... pena que o tempo passou e não volta mais. Nesta época conheci o grande amor e eterno da minha vida. Enviado por solange - solanbert@terra.com.br
Publicado em 14/05/2012 Bom Agnaldo quero lhe agradecer por me fazer reviver aquela epoca brilhante que hoje em dia não passa nem perto.
hoje não existe gosto musical e sim poluição auditiva eu curto em CD DV todas aquelas musicas daquele nosso tempo de ouro eu viajo essas sim são musicas e gosto musical quero parabenizar todos pelas doces lembranças abraços a tds...Xavier
Enviado por XAVIER - xavier_33xr@hotmail.com
Publicado em 13/04/2012 Tonight's the night, com Betty Wright, era a música mais esperada da noite; embora a maioria não sacasse a letra, o groove do baixo e o jeito de cantar da Betty transmitiam a mensagem sem precisar de tradução; eram 8 minutos de pura curtição, e todo mundo esperava qdo ela fazia, quase no final, aquele vocal "humm, humm", combinado com o breque da bateria, e aí todo mundo fazia um passinho diferente; grandes lembranças... Enviado por ed - calahani11@ibest.com.br
Publicado em 07/04/2012 Como dizia o DJ Taide, ¨tempo bom que não volta nunca mais¨. Época boa, muitas namoradinhas, nossa! Faltou mencionar os bailes da Telefunken, na Barra Funda, dos bailes do Eduardo, do Alepo, na Avenida Paulista (sempre lotado, a casa era pequena, mas aconchegante), o Aristocrata. NO Ari, como era conhecido, conheci uma das pessoas mais maravilhosas de minha vida. Eu tinha 18 anos, ela 32. O nome dela, Lígia. Paixão no primeiro olhar. Foi, na realidade, a minha verdadeira experiência com uma mulher de verdade. NUnca mais a vi ... que pena. O Ari, prá quem esteve por lá, vai lembrar:era uma sede de um clube de negros, instalada em uma sala comercial bem pequena numa rua paralela a Avenida 9 de Julho. O som era dos melhores. O ¨tocador¨ na época era o William, sabia muito. Só Brass Constrution, Al Green, Marvin Gaie ... house de montão. Que época. Dessa época, carrego também uma grande amizade que fiz com o Geraldo (o ¨Gê ¨ Black Power), baiano bão, gente boa e excelente profissional. Perdi o contato com ele já faz algum tempo. Se alguém ler este comentário e tiver alguma notícia sobre ele, por gentileza me repasse. Seria de uma alegria enorme poder localizá-lo. Abraço ... tudo junto e misturado ... saudações santistas (time e cidade) Enviado por fernando viana - nandoviana57@gmail.com
Publicado em 05/04/2012 Nossa tudo que eu passei foi resumido nessas palavras, eu nao perdia as domiqueiras da Guilherme George..dançavamos muito na rodinhas que eram formadas,, sou da turma da Z/leste,que ja tinha os lugares marcados no salao,,rsr bem prox das caixa de Som perto do Bar rsr que saudade Valeuuuuu Enviado por Roberto - roberto_miguel166@hotmail.com