Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Carandiru e Vasp Autor(a): Vilton Giglio - Conheça esse autor
História publicada em 25/03/2009
Há nomes que ficam estigmatizados, até como marcas próprias. Não é o caso de Carandiru e Vasp, pois para o Brasil o primeiro virou sinônimo de cela ou inferno, o segundo de prazer aéreo, de "status", devido à época (viajar de avião era só para ricos, além do que só havia a Vasp).

Só de ouvir falar em Carandiru já ficávamos arrepiados na época, devia ser a filial do inferno, conforme comprovado anos mais tarde. Agora, da Vasp, sim, tenho boas lembranças, embora nunca tenha feito viagens nela.

Pois bem, tenho um amigo cujo pai era chefe militar do governo do Sr. Laudo Natel, a quem conheci quando garotão. Então, esse meu amigo (até hoje, e, além disso, é meu compadre) fora fazer um estágio, ou primeiro emprego, e era nada mais nada menos que no Carandiru. Almoçava, descansava nas celas, enfim, seu trabalho era dentro da cadeia. Ficou lá por um tempo, tem lá suas histórias dentro das celas, que belo emprego seu pai lhe arrumou.

Aliás, deixo aqui minhas homenagens ao (falecido há algum tempo) sr. Sargento Plínio Marasca, um excelente policial militar, a quem seu filho diz até hoje que, quando vê a farda da PM, tremo de medo, onde estiver sr. Plínio, nunca lhe esqueço.

Éramos dois garotões da época. Depois do Carandiru, resolvemos prestar concurso para ingressar na Vasp. Prestamos, fizemos vários testes, eram intermináveis dias de angústia e tensão. Tinha que ter altura, boa aparência, olhos azuis ou verdes, educado, falar bem, enfim, rapazes e moças de fino trato, como uma senhora nos disse uma vez quando fomos alugar um apto: ”Só aceito rapaz de fino trato”.

No dia marcado para o resultado final, quando vi no Estadão que o nome dele fora aprovado, fiquei muito feliz. Quanto a "mim", não fora aprovado, pois desgastei-me muito com "aquelas malditas provas", já não fazia mais questão de trabalhar na Vasp.

Meu amigo trabalhou na Vasp durante dezoito anos. De tanto andar no meio deles fiz grandes amizades com comissários, pilotos etc.

Carandiru e Vasp, não sei se explodiram ou implodiram, sei que milhares de pessoas tomaram muitos prejuízos, sem noção de avaliarmos. Ainda bem que no local onde era a filial do inferno, o Carandiru, há um parque. Os aviões da Vasp estão no museu e viraram sucatas, lá próximo da USP.

Ainda não sei de um caso onde há coincidência como o de meu amigo: duas falidas e em ambas trabalhou.

e-mail do autor: viltongiglio@hotmail.com
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 25/03/2009 Giglio, depois do carandiro, seu amigo voou pra Vasp e só depois de 18 anos, aterrisou tranquilo, nas plácidas pastagens da aposentadoria. Parabéns, Vilton.
Modesto
Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@terra.com.br
Publicado em 25/03/2009 Giglio, a falência da Vasp, foi mera culpa do "desgoverno" do Governo...tudo que é administrado por entidades governamentais tem um "triste fim"...a da Varig, foi culpa da "Fundação Rubem Berta" prá onde todo o dinheiro era desviado. Lembro que viajava pela Varig nos anos 50/60 e as refeições eram com cardápio (3 ou 4 pratos, tinha até para dietas)com talheres de prata,pratos de porcelana e taças de cristal...é mole???e mesmo assim sempre deu lucro...Abraços - Flavio Rocha Enviado por Flavio Rocha - flaviojrocha@bol.com.br
Publicado em 25/03/2009 O Carandiru já era, graças a Deus e a Vasp se recupera. Um abraço Enviado por margarida p peramezza - peramezza@ajato.com.br
Publicado em 24/03/2009 A falência,inexplicável, da VASP foi um golpe difícil de absorver. A VARIG, outra gigante dos ares felizmente está se recuperando da péssimna situação a que chegou.Abraços do Mancini Enviado por Mancini - d-mancini@uol.com.br
Publicado em 24/03/2009 Vasp, Varig, Panair do Brasil, Real Aerovias Brasil, Sadia e tantas outras, tiveram os seus tempos de muita glória. Hoje, só história e saudades. Enviado por nelson de assis - nel.som55@yahoo.com.br
Publicado em 24/03/2009 A Vasp e o Carandiru tem algo em comum. Tem gente que diz que quem vendeu a Vasp, deveria estar no Carandiru... Enviado por Mario Lopomo - mlopomo@uol.com.br
« Anterior 1 2 Próxima »