Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Saudades da Vila Ré Autor(a): Lucilia Calegaretti - Conheça esse autor
História publicada em 24/04/2011
Morei na Vila Granada, na Rua Americo Fontineli, aonde mora até hoje meu pai. Quando me casei fui morar na Rua Jarauara, na Vila Ré.

Lá morava o Sr. Ossires, que vendia doces e descia sempre com um pacote de doces. Era um grande homem.

Meu filho estudou na escola “peixinho dourado”, que até já comentaram aqui no site. A diretora, na época, era a Dona Alice. Acabou estudando no colégio Gabriel Ortiz.

No bairro, havia o Seu Olavo da farmácia; muito conhecido, pois era um homem muito bom e entendido. Ele ajudava a todos.

Haviam os bailes do bairro, mas eu não gostava, pois escutava a música e o barulho do meu quarto e não conseguia dormir.

Minha infância e juventude foram os melhores tempos da minha vida; tanto na Vila Granada como Vila ré. Nelas me diverti muito e fiz diversos amigos!

Saudades dos tempos que não voltarão!


E-mail: lucy.calegaretti@uol.com.br
E-mail: lucy.calegaretti@uol.com.br
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 29/05/2012 Marei na Víla Ré, estudei no Carvalho Senne. Lembro do Sr. Olavo da farmácia, da bomboniere do Japonês na vila Granada (está lá até hoje), Da padaria Princesinaha (hum..delícia de pão), do cabalereiro Play Boy (onde cortava minhas madeixas), da loja de móveis do Turco, da quitanda do japonês e da Dna. Maria. Minha filha estudou no São Vicente de Paula e meu filho mais novo estudou no Peixinho Dourado (esta é amelhor escola que já conheci, cheia de princípios e coisas maravilhosas. Tempo bom!! Enviado por Gislaine - gislaine.toth@terra.com.br
Publicado em 27/04/2011 Ah que saudades... cresci na Rua Isaac Tabacow - Vila Granada... ali do ladinho da Vila Ré, sempre ia na Rua Municipal na casa da minha tia... Estudei no Carvalho Senne... bons momentos... estudei tbém no Masieiro... boas lembranças... Lembro de ter ido assistir filme no antigo cinema Saturno, os trapalhões era o filme, mas logo fechou. Nasci em 1984 e hoje moro em Joinville SC, mas sempre que posso retono em sp, para visitar a família que ainda reside na vila ré e granada. Trabalhei no FOTO SATO gente boa... as feiras de terça e sexta eram muito legais, pra comer pastel e caldo de cana... a Bomboniere BOMBOMZINHO frequento até hoje quando vou pra SP, era ponto de encontro depois da escola, assim como lá no foto sato pra tirar Xerox... As padarias é que me da mais saudades... pãozinho delicioso, de todas ai da região... excelente lugar pra morar na ZL. Uma mistura de raças... japoneses, italianos, portugueses... pessoas de bem com a vida... muitas saudades de tudo... dos doces da FANI, dos Jogos dos TRES GAROTOS no tempo que era de areia o futebol lá (hj escolinha do santos)... foi bom relembrar essa história. Enviado por Camila - millaekinho@hotmail.com
Publicado em 26/04/2011 Saudosos momentos que nunca devem ser esquecidos. Parabéns, Calegaretti.
Laruccia
Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 25/04/2011 Olá Lucilia,

também fui moradora da Vila Ré, morei toda minha infância na Rua Denê, a farmácia do seu Olavo, quantas vezes socorreu minha família, estudei no Externato São Paulo,na época o diretor era o sr. Antonio, do primário à 5ª série estudei na EE Maria de Carvalho Senne (acho que era assim o nome) que é na Vila Granada, soltei muito pipa, andei de bicicleta pelo bairro com meus irmãos.Na inauguração do Banco Bamerindus, ganhamos um cofrinho com formato de espiga de milho,e o cinema...
Enviado por CRISTINA KIYOMI TAKATSUKI RANEA - cristinakiyomitakatsuki@ig.com.br
Publicado em 24/04/2011 Bonito registro sobre a memória dos bairros:de Vila Granada e Vila Ré,assim como de seus personagens.Parabéns! Enviado por Ana Maris de Figueiredo Ribeiro - anamarisribeiro@ig.com.br
« Anterior 1 Próxima »