Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Berço de São Paulo Autor(a): Vilton Giglio - Conheça esse autor
História publicada em 02/06/2011

Letras maiúsculas, isso mesmo uma certidão de nascimento,local de nascimento: Pateo do Colégio; data 25 de Janeiro nasceu,cresceu e lá esta até hoje esse local com suas características ainda que preservadas.

Poderia até ser visitada por mais escolas, por jovens que nasceram e nascem, crescem e não conhecem sua cidade, tão bonita, mas às vezes brava, que, entretanto sempre nos acolhe na tristeza, na alegria, com sol ou com chuva.

Pateo do Colégio, esse é o local onde padres como Manoel da Nobrega, Jose de Anchieta, Antonio Viera, entre outros tantos ,índios e portugueses que ali ficaram, por ali passaram, colonizaram nossa São Paulo ao longo de muitos anos.

Padre Jose de Anchieta um inesquecível jesuíta, andarilho do bem por todo nosso litoral, sempre pregando o amor e o bem. Viajou pelos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia. Há até uma cidade com seu nome no Espírito Santo, Anchieta, nada mais justo! Ainda jovem com 18 anos veio para o Brasil da Espanha e juntamente com seus amigos também padres fundou a hoje Sampa, São Paulo de Anchieta.

Quantos paulistas ou paulistanos entre outros tantos sabem disso? O berço de tudo é ali naquele pequeno lugar tranquilo, as margens do rio Tamanduatei. Isso mesmo assim é o Pateo do Colégio, sempre aberto a visitação aos seus filhos.

Com certeza seus filhos não a esquecerão nunca mesmo aqueles que falam mal ou escrevem a teu respeito, que estão longe.


E-mail: viltongiglio25@gmail.com

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 22/07/2011 belo resgate da história de Sampa, minha, nossa , querida terra santa, cidade amada.
Parabéns pelo texto!
Enviado por jussara - jussaramunhoz@hotmail.com
Publicado em 05/07/2011 Vilton, apesar do atraso, eu quero te dizer: o teu texto é maravilhoso, tanto quando o Páteo do colégio, onde vou a cada ano,religiosamente. Um abraço. Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 08/06/2011 Parabens! De vez em quando é preciso que alguém com sua sensibilidade nos lembre de nossos, muitas vezes, esquecidos monumentos. Abraços
Mancini
Enviado por Mancini - d-=mancini@uol.com.br
Publicado em 04/06/2011 Concordo:- todos os paulistanos deveriam conhecer e visitar o Pátio do Colégio e conhecer nossos primórdios. Vale a visita. Enviado por Trini Pantiga - trinesp@ig.com.br
Publicado em 04/06/2011 Belo relato histórico sobre os padres jesuítas que tiveram um importante papel em nosso país,especialmente José de Anchieta em sua atuação, em São Paulo.Aprendi com seu texto! Obrigada! Enviado por Ana Maris de Figueiredo Ribeiro - anamarisribeiro@ig.com.br
Publicado em 03/06/2011 Sensível narrativa, Vilton, enfocando nosso Páteo do Colégio, local em que Anchieta e Nobrega fundaram essa potência que é, hoje São Paulo. Parabéns pelo simpático texto, Giglio.
Modesto
Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 01/06/2011 Vilton, muito bem, essa sua preocupação é válida e as escolas tem como obrigação levar os alunos a esse local e pesquisarem a cidade que nasceram e ou moram, apesar que ja existe o urbiturismo, ai cabe aos pais levarem os filhos, para o bem deles e da cidade, parabéns,Estan. Enviado por Estanislau Rybczynski - estan_tec@hotmail.com
Publicado em 01/06/2011 Vilton, pensei várias vezes escrever sobre SP para homenagear José da Anchieta nascido a 19 03 1534; Manoel da Nóbrega, Antonio Vieira. Este seu texto vem portanto preencher esta lacuna. Parabéns. Enviado por Clesio de Luca - clesiodeluca@yahoo.com.br
« Anterior 1 Próxima »