Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Rua Barata Ribeiro Autor(a): Doris Day - Conheça esse autor
História publicada em 16/10/2006

Trabalhei por 15 anos nessa rua em uma empresa do ramo de laboratórios. Comecei como operadora contábil, e fui chamada, com o tempo, de CORINGA. Se alguém faltasse ou tirasse licença, lá estava eu cobrindo a falta. Foi um tempo muito bom em que fiz grandes amigos. Inclusive uma delas virá me visitar amanhã, não a vejo há mais ou menos 20 anos. Estou ansiosa pela visita!
Nessa empresa era praxe comemorarmos o Natal com grandes festividades e confraternização. Havia até concurso de Miss e Mister. Vou deixar de ser modesta e contar que fui eleita algumas vezes... era um barato, com direito a faixa e tudo mais.
Bom, mas não era isso que ia contar. Num final de ano resolvemos fazer um teatro. Eu escrevi a peça; seria uma sátira dos funcionários. Enfocamos aquelas figuras que sempre se destacam mais: gerentes, vendedores, secretária, telefonista, office-boy etc e tal.
Nunca havia interpretado nadica de nada. Mas ensaiamos direitinho por muito tempo, depois do expediente. Chegou o dia, tudo pronto e o nervoso foi tomando conta de todos. Será que vai dar certo? Não esqueceremos o texto? Não faltou nada no cenário? A máquina de escrever está lá? O dono da firma viu o que estava acontecendo e convidou todos para irem à copa. Todos reunidos ele ofereceu um pouco de uísque para nós: - É pra relaxar, vocês estão precisando...
Isso era pela manhã, e eu não havia comido nada.... imaginem vocês o quanto essa bebida fez efeito... pois é!
Só sei que entrei em cena totalmente "zen".... zen vergonha, zen equilíbrio, zen ver nada....
No final das contas tudo deu certo e rí um bocado da experiência.
Ah! e fomos muito aplaudidos.... e convidados para o ano seguinte.

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 18/08/2011 Morei no bairro do braz, na capital paulista, trabalhei na gravadora continental, (Discos continental)Trabalhei na estinta matarazzo, trabalhei na suvinil tintas em São Bernardo do campo! entre outras, Nascir na cidade de Euclides da cunha estado da Bahia, abraços a todos que vão ler este texto. Enviado por Lourival gomes cruz - lourivalbahia@hotmail.com
Publicado em 16/06/2011 Morava na Rua Barata Ribeiro na década de 50. Ali viviam o Micau, Pedro Giglio, o Vadú e Zé da pinga. Foram muitas as amizades naquela época: tb. a Magdi Casale, Mario Guimarães e Rosemary minha namoradinha. Ainda voltarei nesta coluna para contar os fatos. No momento só os nomes dos personagens.
Abraços queridos amigos
Enviado por José Luiz de Andrade Maciel - josais42@yahoo.com.br
Publicado em 30/10/2009 sabe!!na verdade somos grandes artistas''e as vezes ficamos no ánonimato, sou compositor, cantor e não sabia, pazrabens, parabens. Enviado por Lourival Gomes Cruz - lourivalbahia@hotmail.com
Publicado em 26/03/2008 Legal, Bacanizado. Lembra bastante aqueles filmes N.Am que retratam as festas de Natal. Luiz Barata!!! Enviado por Miguel Luiz - america_1234567@yahoo.com.br
Publicado em 12/10/2006 Cara Doris,então você foi mesmo Miss!Daí o charme que se nota até hoje,em seu pseudônimo e seus escritos. Um abraço. Enviado por Luiz S.Saidenberg - saidenberg@ajato.com.br
Publicado em 10/10/2006 sem dúvida você fez jus ao nome artístico que tem! uma vez fui esperar a saída de uma jovem nessa rua ela tinha uma Brasília beje! Enviado por turan bei - turanbei@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »