Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias A Dama do Lotação Autor(a): Alexandre Ronan da Silva - Conheça esse autor
História publicada em 12/08/2011
Eu e meus amigos Luiz Carlos (o Jarrão) e Sergio Antunes (o Serginho) morávamos no edifício Leme II, localizado nas Perdizes, no fim dos anos setenta. Resolvemos assistir juntos ao filme “A Dama do Lotação”, com ninguém menos que a Sonia Braga como protagonista.

Só havia um problema em nossa empreitada, nenhum de nós tinha idade suficiente para assistir ao filme, o que fazer? Tentar argumentar com o porteiro do cinema, localizado no Center 3, na Avenida Paulista.

Pegamos um ônibus na Rua Homem de Melo e fomos para a Avenida Paulista. Não me lembro agora se o dia da semana era sexta ou sábado. Chegamos ao Center 3 e o Jarrão, o mais desinibido e bom de papo entre nós, foi falar com o porteiro. Ele voltou nos comunicou que o havia feito um acerto com o porteiro e que deveríamos esperar a sessão começar para depois entrarmos na sala, já com o filme em andamento, e sairíamos também antes do final do filme, ainda com as luzes do cinema apagadas.

Entramos no cinema e começamos a assistir ao filme. A Sonia Braga estava no topo da beleza e nos deslumbrava... Assim o filme ia acabando e não conseguimos sair da sala antes do final, estávamos hipnotizados pela Sônia.

Acabou o filme e quando as luzes se acenderam saímos em disparada e, na correria, perdi o equilíbrio, cai no chão e fui trombar com a porta de vidro da saída. Ai foi o maior barulhão.

Levantei meio atordoado e nervoso, olhei para trás e vi que o tal porteiro estava vindo em minha direção. Sai correndo pela porta atrás dos meus amigos que já estavam na escada rolante.

Nos encontramos e depois, pelo que me lembro, fomos a um rodízio de pizza do Grupo Sérgio na Avenida Paulista. E lá ficamos comentando o filme e a nossa pequena aventura. Bons tempos.

----------------------------------------------

E-mail: alexandre@gmail.com
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 15/08/2011 ERA A BELA DA TARDE TUPINIQUIM Enviado por alexandre ronan da silva - alexandreronan@gmail.com
Publicado em 14/08/2011 A coisa boa do filme não foi dentro do lotação, e sim no barranco quando varios homens ofegantes não, tanto pela corrida, mas... a cercaram querendo fazer o que, não sei bem. Tambem com aquele corpo e com vestido de seda de algodão bem ajustado nas curvas, até eu que sou mais trouxa ia atrás. Enviado por mario lopomo - mlopomo@uol.com.br
Publicado em 13/08/2011 realmente caro ronaldo não era escada rolante
e acho que foi no bristol
Enviado por alexandre ronan da silva - alexandreronan@gmail.com
Publicado em 13/08/2011 Amigo, para ver a Sonia Braga, naquele tempo e ainda hoje, valia tudo. Enviado por Marcos Loureiro - marcoslour_ti@yahoo.com.br
Publicado em 12/08/2011 Recordaçõa cinematográfica bem contada. Parabéns,Alex.
Modesto.
Não esqueça, leia e comente os textos dos seus colegas.
Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 11/08/2011 Certamente, interessante aventura, e a Dama do Lotação, principalmente a Sonia, bem valia o risco. Mas em qual dos cinemas vcs foram? Pois ali haviam os magníficos Bristol e Liberty, além de outro menor. E sim, as portas eram envidraçadas, mas não me parece haver escada rolante nenhuma, naquele tempo. Havia uma bela escada circular, além de elevadores para os menos aptos. Enviado por Ronaldo Bandeira - ronaban@ig.com.br
Publicado em 11/08/2011 É isso ai vizinho. Continue nos deliciando com suas aventuras paulistanas. Parabéns!!! Enviado por KELLY - kellydks@terra.com.br
« Anterior 1 Próxima »