Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Colégios de São Paulo onde estudei Autor(a): Alexandre Ronan da Silva - Conheça esse autor
História publicada em 11/10/2011
Vou fazer um breve relato dos colégios nos quais estudei em São Paulo.

O primeiro foi o Jardim Escola São Paulo, que nem sei se ainda existe.

Lembro-me dos coleguinhas e especialmente de uma professora de francês, chamada Michelle. Um dia ela nos reuniu sentados em um circulo no chão, não me lembro para que, ela estava de mini saia e eu fui olhar de baixo da saia dela e vi a calcinha de cor azul clara com bolinhas cor de rosa. No momento em que contava a façanha para um colega do meu lado senti a mão da linda Michelle me puxando pela sala

Foi um vexame! Fui posto para fora da sala.

Contei para a minha mãe que no outro dia foi no colégio saber do acontecido.

Minha mãe achou um absurdo a forma como a professora me tratou, afinal eu era uma criança e a professora estava usando mini saia Eu sei que nunca mais tive aula com a Michelle, que era simplesmente linda. Se eu não me engano esse colégio ficava na Rua Eduardo Prado

Na época eu morava na Rua Barão de Limeira, no Edifício Pinhal, nos Campos Elíseos.

Em outro texto contarei sobre outras escolas por onde passei


E-mail: alexandreronan@gmail.com
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 27/10/2011 Em tempos onde alunos matam seus professores, nada mais doce e ingenuo do que a curiosidade de uma criança (um homenzinho) fascinado pela Professora. Parabéns pelo texto!!!! Enviado por KELLY - kellydks@terra.com.br
Publicado em 20/10/2011 Pensando por esse lado tens razão
Abraços
Alexandre
Enviado por alexandre ronan da silva - alexandreronan@gmail.com
Publicado em 18/10/2011 mãe é sempre mãe. Ao invés de levar umas palmadas pela precocidade, a professora é que foi punida rsrsrs Ontem como hoje as mestras levam a pior. brincadeirinha. abss mirça Enviado por mirça bludeni de pinho - by_laser@yahoo.com.br
Publicado em 13/10/2011 Alex, sua bela professora não sabia do perigo que corria. Ah, fosse nos meus tempos... 'pratic le française très joulie... Abraços. Enviado por nelson de assis - nel.som55@yahoo.com.br
Publicado em 12/10/2011 Espero que nos próximos textos, em outras escolas, sua tara não tenha progredido tanto ao ponto de vc desnudar sua professora. Gostei do seu texto, Ronan, (desculpe a brincadeira) e leia sempre e comente os trabalhos dos colegas. Parabéns, Alexandre.
Modesto
Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 11/10/2011 Alexandre, você antecipou no tempo a boca quente que se transformaria a Rua Barão de Limeira Enviado por Miguel S.G. Chammas - miagaxa@terra.com.br
« Anterior 1 Próxima »