Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Praça Cornélia Autor(a): Adelmo Vidal - Conheça esse autor
História publicada em 16/01/2012

Eu morava na Rua Coriolano, próximo à Praça Cornélia, no bairro da Água Branca.

No centro da praça havia um tanque d'água de forma circular. Tinha também a Igreja de São João Vianei, cujo pároco, durante muitos anos, foi o Padre Moura.

Aos sábados e domingos havia o "footing" que ia da referida praça até a Rua Duílio, ao longo da Rua Clélia. Os rapazes ficavam parados enquanto as moças desfilavam. Um olhar, um sorriso, uma abordagem, iniciava o namoro. O casal ia sentar-se nos bancos da praça. Às vinte e duas horas as moças “de família” tinham que voltar para casa.

Às vésperas de uma eleição havia um diretório em cima da farmácia. Lembro-me da música da campanha: "presidente Getúlio, Ademar senador e Lucas Garcês para governador. É PTB, é PSP, os dois estando juntos, nós vamos vencer". E venceram...


E-mail: adelmovidal@hotmail.com

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 19/08/2012 Boa noite, sou estudante de arquitetura e urbanismo. E estou fazendo um trabalho de pesquisa sobre a praça Cornelia. Vc poderia me ajudar com algumas informações ou sites que posso encontrar, história da praça, como surgiu, qual a origem do nome, como é usada hj, etc? fico no aguardo. mt obrigado. Enviado por Claudio Caires - cairesalmeida@hotmail.com
Publicado em 22/01/2012 Amigo Wilson. Eu me referi ao início dos anos 50. Naquele tempo só ia até a rua duílio. Abrs.
Ziza, vc reavivou minha memória. É verdade. Iamos sim. Abrs.
Enviado por adelmo vidal - adelmovidal@hotmail.com
Publicado em 20/01/2012 Prezado Adelmo
Motri muito tempo na vila pompéia e conheço muito bem a lapa, agua branca, vila romana. freqentei também a praça cornélia, pois fiz minha primeira comunhão na igreja de S.J.Vianei e frequentei a turma do pixoxó, bem como o bar Valadares. Quanto ao footing, começava na altura do cine nacional(extinto) e ia até a pç Cornélia. Bom texto e ótimas lembranças. Um abraço.
Enviado por wilson eugenio luizi - velhotremendao66@ig.com.br
Publicado em 19/01/2012 E no domingo você me levava passear na praça.Eu era muito pequena mas me lembro. Enviado por Maria Luiza - cecottoziza@yahoo.com.br
Publicado em 15/01/2012 Que tempinho bom Adelmo.Uma delicia recordar estes bons momentos. Enviado por margarida p peramezza - peramezza@ajato.com.br
Publicado em 15/01/2012 Eu me casei na Igreja de São João Vianey em 1984, na Praça Cornélia. Quem celebrou o ofício foi o Padre Moura,já idoso, que viria a falecer 4 anos depois.
Eu costumava ir à praça em dias de feirinha só para comprar os doces caseiros feitos pelo Sr, Olbeni, mais conhecido por Seu Benê. Depois ele sumiu de lá. Eu já o vi algumas vezes circulando aqui na Av. Santo Amaro, próximo do meu escritório, mas não consegui falar com ele.
Enviado por Tony Silva - silva.luiz2006@ig.com.br
« Anterior 1 Próxima »