Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Aconteceu em uma espera Autor(a): Ana Regina Carnevalli Parra - Conheça esse autor
História publicada em 13/09/2012
Na sala do Hospital
Osvaldo Cruz eu estava
esperando você,
aguardava.

Com um bloquinho
de papel na mão,
desenhava.

Tinta verde na caneta,
bons traços fazia.
Um quadro na parede,
era o meu guia.

Associava e na ponta
da mão, uma nova
ilustração.

Depois de longo tempo,
você aparecia ainda deitado,
sedado,
com uma enfermeira e
dizendo:
- "Sem ela, eu não vivo!".

Tão inédito,
falando assim,
achei boa
a tal anestesia...


E-mail: arcparra@ig.com.br E-mail: arcparra@ig.com.br
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 12/09/2012 Muito bom, Ana Regina. Parabéns. Sob efeito da anestesia, ele poderia ter falado um milhão de coisas, mas fez uma declaração de amor. Enviado por Abilio Macêdo - abilio.macedo@logoseng.com.br
Publicado em 12/09/2012 Que simpatia, Ana! Emoção em forma de verso é sempre muito especial. Um abração. Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 12/09/2012 Lindo e criativo poema,parabéns! Enviado por Ana Maris de Figueiredo Ribeiro - anamarisribeiro@ig.com.br
« Anterior 1 Próxima »