Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias O viaduto dos suicidas Autor(a): João Cláudio Capasso - Conheça esse autor
História publicada em 02/10/2012

Quando criança, nos meus oito anos de idade, nas férias do trabalho do meu pai, ele sempre me levava a passear na cidade. Nós íamos aos cinemas, comer na Salada Paulista, enfim, toda a semana era um passeio maravilhoso. Certa vez, nós íamos comprar roupa na loja A Exposição, que ficava no fim no Viaduto do Chá, próximo a Praça do Patriarca, ao lado do prédio do Matarazzo, onde o meu pai trabalhava.

Ao passar pelo viaduto, vimos uma aglomeração de pessoas paradas olhando para baixo. Uma mulher tinha se jogado do viaduto (tinha se suicidado). Vi o corpo da mulher estirado na calçada. Fiquei muito assustado, pois nunca tinha visto uma pessoa morta, comecei a ficar com medo de andar pelo Viaduto do Chá, todas as vezes que eu passava com o meu pai pelo viaduto eu andava pelo meio-fio da rua, não chegava perto da grade, tinha um medo horrível de olhar para baixo do viaduto.

O tempo passou, fiquei homem, trabalhava como propagandista farmacêutico, no centro da cidade (Praça da Sé, Xavier de Toledo, Rua Marconi, 7 de Abril). Era uma sexta-feira, mais ou menos umas 14h da tarde, eu ia em direção à Rua Líbero Badaró, quando vi uma multidão olhando para baixo do viaduto, um rapaz tinha acabado de se jogar (suicidado); fiquei parado por um bom momento (assustado), eu lembrei quando garoto, junto com o meu pai, tinha visto o corpo da mulher que tinha se suicidado.

O Viaduto do Chá, apesar de ser um cartão-postal da cidade de São Paulo, nunca me agradou. Eu sempre andava no meio-fio da rua, longe das grades de proteção (eu achava as grades muito baixas). Certa vez, eu estava jantando no Club Piratininga, era no prédio da CBI, na Rua Formosa, no 26º andar, e das janelas do restaurante se via todo o Viaduto do Chá. Quando uma mulher na mesa deu um grito e correu para a janela do restaurante ela viu um homem se jogar do viaduto para a morte. Todos fomos para as janelas e vimos o homem estirado na calçada. O Viaduto do Chá era o passaporte para a morte. Nenhum viaduto teve tantos suicidas como este.

Não me lembro de alguém ter se suicidado no Viaduto Santa Ifigênia, ou em outro viaduto de São Paulo. Será que o Viaduto do Chá atrai os suicidas. Será?


E-mail: jccapasso1@hotmail.com

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 01/10/2012 Capasso a sua história tem fundamento. O Viaduto do Chá, atraia os suicidas para se jogarem lá de cima. Não sei se é porque, as grades de proteção são muito baixas o que atrai as pessoas desequilibradas a se suicidarem. Eu cheguei também vêr um homem se jogando desse viaduto. Abraço Grassi Enviado por J Grassi - jr_grassi@yahoo.com.br
Publicado em 01/10/2012 Acho que por ser o mais antigo e famoso e tambem pelo numero de transuentes que por ali passam essas tragedias sejam mais comuns lá Enviado por alexandre ronan da silva - alexandreronan@gmail.com
Publicado em 01/10/2012 Em 1977, quando eu era office boy, também presenciei uma tragédia parecida no Viaduto do Chá.
Infelizmente isso acontece também no Viaduto Santa Ifigência. O ponto do ônibus que eu tomava ficava embaixo desse viaduto e certa vez quando cheguei havia uma multidão de curiosos em volta do corpo de uma mulher que tinha se atirado de lá.
Enviado por Almir - almir1960@hotmail.com
Publicado em 01/10/2012 Realmente João,o viaduto do chá nos anos 60 acho que até 70 foi o palco dos suicidas.Eu trabalhava no Centro e passava por ele todos os dias Tinha o mesmo mêdo que você de passar rente a grade,pois achava sempre que alguém ia me empurrar. Enviado por walquiria rocha machado - walquiriarocha@yahoo.com.br
Publicado em 01/10/2012 Sr. João, tive a sorte de nunca presenciar uma cena dessas, mas, com certeza, uma marca muito negativa e deprimente. Que pena que o sr. teve essa experiência, de presenciar a infeliz escolha de pessoas sofredoras. Um abraço. Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 01/10/2012 João Claudio: Certa vez, uma namorada contou-me que uma pessoa jogou-se do Viaduto do Chá, espatifando-se sobre o carro do pai dela que era taxista. O suicida tinha que cair bem em cima do carro do meu pai?. ela resmungava. Por outro lado, é verdade caro João: - Porque nem um suicida procurava o Viaduto Santa Efigênia ?...Se for feito um levantamento a respeito, olha !!. Deve ter mais de vinte...Um abraço caríssimo João. Enviado por xico lemmi sãopaulino - francisco.lemmifilho@yahoo.com
Publicado em 01/10/2012 Uma vez um quase caiu na minha cabeça,esse viaduto deve ter história de suícidas e muitas,talvez seja a arquitetura,a distancia do rês do chão,atração,etc. Enviado por vilton giglio - viltongiglio25@gmail.com
Publicado em 01/10/2012 Capasso, em 1953 eu acabara de descer aquela escadaria que descia da Libero Badaró para o Vale do Anhangabaú, quando um filho de Deus desesperado e aos gritos pulou lá do alto do viaduto do Chá e espatifou no asfalto, o ruido que fez ficou anos registrado em minha mente, foi a pior coisa que assisti até hoje em minha vida. É a primeira vez que falo sobre o assunto com alguém, eu estava com 14 anos. Seu texto levou-me de volta a pior visão de toda a minha vida,espero nunca mais enquanto viver presenciar uma cena como essa.Eu também ando longe daquelas grades quando sou obrigado a atravessar o viaduto. Enviado por Arthur Miranda - 27.miranda@gmail.com
Publicado em 01/10/2012 João, trabalhei muito tempo no Centro e passei diversas vezes neste viaduto, nunca tive tendencias suicidas, mas sabe que olhando de cima para baixo, parece que o chão atrai!!!! Enviado por Marcos Aurélio Loureiro - marcoslour_ti@yahoo.com.br
Publicado em 01/10/2012 João, trabalhei muito tempo no Centro e passei diversas vezes neste viaduto, nunca tive tendencias suicidas, mas sabe que olhando de cima para baixo, parece que o chão atrai!!!! Enviado por Marcos Aurélio Loureiro - marcoslour_ti@yahoo.com.br
« Anterior 1 2 Próxima »