Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Churros e maçã do amor Autor(a): Vilton Giglio - Conheça esse autor
História publicada em 22/11/2012

Escrever sobre doce é tudo de bom, ainda mais sobre essa dupla, onde o pai é um Sr. de 61 anos, chamado Antonio Farre, vendeu-os por São Paulo,os trouxe da Espanha, local de nascimento Tatuapé (os doces).

Vendeu pelo Centro, Av. São João, Rua Direita. Apresentei-me a eles na Rua Direita, em frente a lojas brasileiras, depois venderam nas portas de circo, parques, campos de futebol, carrinhos de rua, quem nunca comeu um churro ou uma maçã do amor.

No passado tínhamos os circos e parques, depois vieram os cinemas, em todos eles tinham a barraca desses doces, não me recordo quem começou o tal algodão doce, mas andava junto com os churros e a maçã do amor.

No Tatuapé, um bairro em franca expansão, temos, em uma Rua chamada Rodrigues Barbosa, o ponto onde nasceu a dupla, sendo mais um ponto de referência em termos de história dos doces, onde está lá o Sr. Antonio Farre e seu filho a fazê-los e a vendê-los por toda Sampa, lógico que com muitas histórias, inclusive de São Paulo. (até churros salgado fizeram, mas não deu certo).

A história desses doces é longa, vale a pena comer um dos dois, assim adoça ainda mais a vida. Mais um capítulo para a história de Sampa dentre tantas, com certeza ainda veremos por muitos locais os doces do amor.


E-mail: viltongiglio25@gmail.com

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 23/11/2012 Vilton, conheço esta loja aqui no Tatuapé, realmente uma delícia. Vale sim a pena comer, vocês vão adorar!Um abraço. Enviado por margarida peramezza - margaridaperamezza@gmail.com
Publicado em 22/11/2012 Bem lembrado Vilton - Olha, se um dia eu sofrer de diabete posso ir embora desse mundo porque eu sou o famoso "formiguinha" (bati três vezes na madeira) Vilton essas coisas não são para ficar lembrando e sim, empacotar e enviar uma duzia aqui pra casa. Abraços ... Enviado por José Aureliano Oliveira - joseaurelianooliveira.aureliano@yahoo.com.br
Publicado em 22/11/2012 Vilton, meu amigo, pode tratar de escrever mais sobre o assunto, que é ótimo. Eu não conhecia a origem dessas delícias. Ainda bem que você nos apresenta uma parte deliciosa dessa história. Ainda mais com informações sobre o Tatuapé ... muito bom mesmo. Obrigada e um abraço. Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 22/11/2012 Nossa!!! churros de goiabada com requeijão é para se comer agradecendo a quem o fêz, e eu adoooooro!!Vou tentar achar onde encontrar um,fiquei com desejo... Enviado por walquiriarochamachado - walquiriarocha@yahoo.com.br
« Anterior 1 Próxima »