Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Metrô – São Paulo (bastidores) Autor(a): Vilton Giglio - Conheça esse autor
História publicada em 14/12/2012

No começo da humanidade o homem começou a andar com quatro patas, depois duas, nadar, no lombo de animais, nas bikes, carroças, em cima de animais, um homem carregava o outro nas costas, e por ai vai... Um dos orgulhos da cidade e do Brasil é o metrô – SP.

Dia desses, fui conhecer o metrô - SP, das 21h30 às 4h da madrugada trabalham no metrô nove mil pessoas, transportam quatro milhões e meio por dia de pessoas; conheci o CCO, a central de segurança do metrô, a manutenção do metrô que fica no Jabaquara, a oficina parece um hospital, aliás, quando chegamos em um grupo para a visita estava saindo do mesmo a "Discovery", pois acabaram de fazer uma visita ao mesmo, tamanha é sua modernidade e segurança.

Estávamos em um grupo, andamos em um caminhão com idade de 32 anos, imaginem andando em um trilho em cima de um caminhão (lógico adaptado), vimos a lavagem do túnel, a organização da manutenção, a dedicação dos funcionários, inclusive perguntei quantos anos tem o funcionário "mais antigo no metrô", ele tem 38 anos trabalhando no mesmo, assim como a maioria dos funcionários são antigos na empresa. A sala onde ficam os operadores dos vagões é muito confortável, nas estações existem os desfibriladores, equipamentos de primeiros socorros.

Era uma noite muito fria, usei até uma "blusa" emprestada do metrô, tamanho era o frio, sentimos isso na estação Armênia, onde fica fora dos túneis e onde tem uma das curvas mais acentuadas, por ter que desviar da Igreja que lá existe. Na época do projeto, na estação Paraíso, poucos sabem, iria sair um ramal para Moema, mas foi abortado. No meio das linhas existem alguns trens de reserva que mal vemos, a manutenção dos vagões é feita com eles ao alto, aliás, o teste em cada trem é feito com ele em funcionamento na estação Jabaquara, tudo é testado "in loco", a vida útil das peças é controlada rigorosamente.

A segurança no metrô - SP é máxima, eles recebem visitas de todas as partes do mundo principalmente do Brasil, tive o prazer e a satisfação de andar na cabine junto com o operador entre duas estações, a higienização é ótima, existe a torre de controle que fica no Jabaquara que está desativada devido a segurança por câmeras, existe até um computador de 35 anos atrás em exposição no metrô - SP quando fora usado na época. Todas as estações são lavadas diariamente, é um batalhão de pessoas trabalhando para um transporte ideal a nós todos.

Agendei a visita com 90 dias de antecedência pelo site do metrô - SP, ainda voltarei conforme promessa das duas amáveis e competentes senhoras Yara Regina da Silva e Vilda Graça Leite, da coordenadoria de pesquisa e comunicação pública, ao chefe da segurança onde ficam as câmeras, chefe da manutenção, enfim, a todos que foram atenciosos, pois ainda não vimos a troca dos trilhos, mas essa será outra parte, de todas as visitas que fiz e faço em São Paulo essa com certeza está marcada, uma visita noturna fantástica que vale a pena ser feita.

Existe um hiato que é aonde você vai da estação Jabaquara até o pátio de manutenção, que é feito de ônibus do metrô claro, até portão de entrada da mesma. Tem que ser agendada no site do metrô - SP, com certeza não se arrependerão, levem blusa, foram horas que passaram rápidas, desci na estação Paraíso, isso na madrugada, é fantástico você ver as estações sem ninguém.

Parabéns! Metrô - SP de todos nós.


E-mail: viltongiglio25@gmail.com

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 16/12/2012 Parabens, pelo seu comentário. Enviado por Vilda graça leite - vilda.graaleite@gmail.com
Publicado em 15/12/2012 Uma exposição bem atraente, circunscrevendo alguns detalhes desse soberbo meio de transporte urbano. O Giglio, dentro de sua caracteristica de ótimo redator, contando detalhes interno do funcionamento do metrô. Parabéns, Vilton.
Modesto
Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 15/12/2012 Legal essas informações Vilton. O governo precisa investir mais nesse transporte, que é o futuro do país. Agora, ficaria bem melhor esse investimento em "Trens" para interligar nossos Estados. um transporte mais eficiente e mais barato do que ficar gastando dinheiro em estradas para os caminhões sem nenhuma fiscalização eficiente destruirem tudo, principalmente vidas. Na minha época os trens eram bem efeicientes e não havia pedágio. Abraços ... Enviado por José Aureliano Oliveira - joseaurelianooliveira.aureliano@yahoo.com.br
Publicado em 14/12/2012 Adorei esse seu relato, gentilmente partilhado com todos nós aqui do site, no lugar de parabéns vou dizer obrigado Vilton. Enviado por Arthur Miranda - 27.miranda@gmail.com
Publicado em 14/12/2012 Amigo Vilton,feliz natal e prospero ano novo abracos. Enviado por antonio pinto alves - antonio.palves@yahoo.com.br
Publicado em 14/12/2012 Bela dica!
Apróxima vez que for p/ Sampa vou ver se consigo agendar esta visita. Obrigada. Julia
Enviado por Julia - gibajuba@yahoo.com.br
Publicado em 13/12/2012 Parabéns para o metrô e para você, Vilton. Que ótima oportunidade você teve e nos relatou tão bem. Abraços. Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 13/12/2012 Lembro da inauguração do Metrô, pois na época morava em Santana. Fui ver e fiquei espantado, uma obra de milhões, sem ar-condicionado ! Enviado por Alfred Delatti - alfredpd@gmail.com
Publicado em 13/12/2012 Amei seu texto, perfeito, detalhista. Sou apaixonada pelo metrô desde que foi construida uma estação na esquina do meu prédio, acompanhei todo o trabalho desde a escavação, etc, etc. Acho que é a cara do século vinte e um, dinâmico, uma obra de engenharia de alta complexidade . Uma pergunta : a loira do metrô está incluida na programação noturna? Enviado por Trini Pantiga - trinesp@ig.com.br
Publicado em 13/12/2012 Vilton, este seu relato é maravilhoso, pena que o proprio metrô não divulgue mais seus serviços. creio que a maioria dos usuários desconhece o que acontece fora das vistas.Lamentável. Uma curiosidade, com tantos cuidados com a manutenção, porque um pouco antes das eleições os trens vivem quebrando? Feliz Natal a TODOS. Heitor Enviado por heitor felippe - heifeltec70@globo.com
« Anterior 1 Próxima »