Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias São Paulo fez assim Autor(a): Luizinho Trocate - Conheça esse autor
História publicada em 03/01/2013
Aconteceu um fato triste aqui perto de casa: um menino, chamado Guilherme Ferraz, morreu atingido por um raio e esse fato, como tudo de ruim que atinge crianças, me desestruturou. Talvez por isso, acordei meio Platão.

A filosofia serve quando nada mais neutraliza a dor e então, diante do inexplicável, é interessante “embatucar” em cima de uma frase como: "uma vida inquestionável não merece ser vivida". Isso é (provavelmente) Platão, que também pode ter dito um dia que "o vento invisível move o barco, não a vela que compõe o barco" e há esse outro conceito moderno que remete "ao movimento que produz a energia; não a água que cai, mas o cair".

O fato é que não há tempo a perder, é preciso compreender tudo que envolve o mundo antes que a profecia Maia se realize neste dia 21/12/12.

São Paulo fez assim; milhares de carros a mais rodavam pelas ruas na manhã. O Sol mais que convidava a vadiar. E o fim dos tempos até agora não se fez!


E-mail: luizinhotrocate@hotmail.com E-mail: luizinhotrocate@hotmail.com
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 06/01/2013 Seu texto Luizinho, induz ao filosofar, ação meio 'fora de moda' na 'nossa' multimídia marrom, conveniente para si mesma, mas tempo vai, tempo vem e tempo chega que temos que encarar a realidade. Arrisco-me portanto dizer: "O que vem vem para o bem. Mesmo a morte prematura, morrer é a melhor hora que Deus encontra para nós". Se serve de consolo, já valeu a pena escrever! O tempo para Deus é relativo, um dia, uma hora... representa uma 'eternidade'. Vivê-mo-la pois sem traumas. Enviado por Clesio de Luca - clesiodeluca@yahoo.com.br
Publicado em 03/01/2013 "Pé de pato, mangalô três vezes". Luizinho quero chegar ate os 100. Grande abraço ... Enviado por José Aureliano Oliveira - joseaurelianooliveira.aureliano@yahoo.com.br
Publicado em 03/01/2013 Luizinho, nunca acreditei que o mundo ia acabar no dia 21, acho que a profecia Maia foi mal entendida. O que precisamos sim é cuidar deste planeta. Um abraço. Enviado por margarida peramezza - margaridaperamezza@gmail.com
« Anterior 1 Próxima »