Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Alberto Levy Autor(a): Márcia Ovando - Conheça esse autor
História publicada em 15/03/2007

Sempre que passo pela Avenida Indianópolis em frente do Alberto Levy o meu coração transborda de belas lembranças!
Mesmo passado alguns anos e com o crescimento do bairro e o intenso movimento de carros e ônibus na avenida, além das reformas não caprichadas, o prédio do Levy continua ali firme em sua imensa importância nesta avenida tão linda de São Paulo! Em pleno Planalto Paulista!
Impossível não lembrar da renovada matemática da professora Manhuncia; da análise sintática da professora Luzia; do nosso querido orfeão regido por dona Náli; o professor Hermes; as aulas de trabalhos manuais; as aulas de educação física e, principalmente dos nossos jogos de vôlei!
Inesquecíveis e tão inocentes cabuladas de aula: para ir até a feira... comprar pastéis ou passear pelas ruas ainda, sossegadas do bairro: Ceci, Irerê, Guaxins, Itacira e tantas outras!
Grandes mestres de fato, ali tive!
Grandes amizades ali fiz! Algumas curtidas até hoje! E vividas com intensidade em nossas reuniões e festas que sempre acontecem!
Alberto Levy: majestoso, grandioso na Avenida Indianópolis!
E majestoso, grandioso e querido demais em meu coração!

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 01/02/2012 Poxa, Mai...quanta saudade do nossa escola , dos nossos mestres, daquela nossa vidinha tão bem aproveitada... Enviado por Cleide Talarico - cleidetalarico@gmail.com
Publicado em 20/12/2011 Né Marcia ?!?!?! Tenho muuuita recordações do Levy! Passo sempre naquele colégio e tenho o maior orgulho pensando :Eu estudei aqui!
Os ensaios na casa da Lia ,o voley, e as quermesses !!!Tudo de bom!
Alguém mencionou o Cid por aqui ,por acaso era o Cid Bolognani???
Enviado por iara schaeffer - iara.schaeffer@gmail.com
Publicado em 17/12/2011 Levy é uma escola onde fica emoções muito grandes ...
Profsº inesqueçíveis e amigos incomparáveis !
Amo muito esse colégio e vai deixar saudades.
Enviado por Paloma Cristina - palomacristina50@hotmail.com
Publicado em 03/10/2011 Nossa, passeando por aqui encontro o passado que me faz ainda tão feliz... boas recordações.... estudei no levy de 68 a 72....Lembro bem do prof.Hermes... das amigas Leila (o pai dela dirigia ambulancia nas corridas onde o Emerson Fitipaldi era sempre o favorito...) a Neide Clemente Pereira (parcerona no Handebol) A Cidoca (vivia levando saco de pipoca para a aula) ... A Fiorella, A Sumara..... Bons tempos.... Belos dias..... Enviado por Leonilda - leonildassimon@hotmail.com
Publicado em 02/10/2011 Oi Marcia,
que achado! Fui levyano de 66 a 69, tempos bacanas,muitas amizades e paqueras,festas juninas com o correio elegante, cabuladas, Carlão, Hermes, Nancy e a Múúúúmia ... Que saudades !!!
Parabéns pela história .
Me senti muito bem !
Abraços
Enviado por Victor Sadowskij - vsadowskij@gmail.com
Publicado em 10/08/2011 Olá Marcia .... qual foi o seu período no Levy ??? Eu estive lá de 1963 a 1969.
Abraço
Enviado por Fernando M Gonçalves - fernandogoncalves@pobox.com
Publicado em 08/07/2011 Que volta ao passado! Acessando o nome de um colega de outra classe, o Cid, de quem alías, eu gostava, rsss Saudades desse colégio maravilhoso e que na semana passada pude rever no google maps.Dona Carmen certamente nunca sairá de minha memória pelas suas aulas de francês, pelas quais me encantei e até hoje estou encantada. Minha filha mora na França e quando comecei a estudar na Aliança Francesa perguntaram de onde a familiaridade com a língua: com todo orgulho digo que foi em um colégio estadual, em São Paulo, o Alberto Levy, nas primeiras séries do ginásio. Também estudei no Cezar Martinez, com a profe Jorgina Teixeira de Rezende, nos idos de 64, fiz o pré admissional no cursinho em frente, o Pedro de Alcântara. Estudei no Levy até 66 no turno da tarde, quando vim para Curitiba, onde ainda moro.Lembro da Novaes, da inspetora D. Julia, D. Nali Cleto, da prof. de matemática, Aparecida, que chamavam de Cidão...era brava, nada mais q isso..., da Geografia, não lembro o nome mas a chamavam de Periquita. Adorava jogar handbol. Estudei na 3a. C, tarde. Eu e 2 amigas, a Eliana e Lucy Trocávamos bilhetes com os meninos da manhã, deixando presos debaixo da carteira e não víamos a hora de chegar o outro dia para ler as mensagens e mais tarde marcamos para conhecê-los. Tempos deliciosos de adolescentes que ficaram na lembrança doce do passado.Realmente tivemos todos grandes e maravilhosos mestres e os respeitávamos! Que saudades! Quando for a S.Paulo quero rever esse, que foi para mim, um gigante do conhecimento e a base do que hoje sei e de quem sou! Abraços a tds. Enviado por Maria Rachel Camargo Rocha Cancela - rachelcancela@hotmail.com
Publicado em 19/04/2011 Realmente são tempos inesquecíveis, pois além das aulas com prof. de fisica que parecia maluco, e aulas com a Magali de geografia. Mas devo afirmar que toda base do meu saber vem deste colegio , aulas de ingles , aulas de frances e musica excelentes professores.aqui vai alguns nomes de pessoas com quem estudei:RAFAEL DELAMANNA, LUIS C. GUARANHA, ROSELI, DENISE, SILMARA, ELIANA,PAULO, MANUEL,SILVIA VELEGO, CARLOS HENRIQUE GROSMANN , TICO ( TOCAVA BAIXO ) ADONES (gostava de rock) RICARDO E DEBI. saudades, muitas saudades.jogava voley todo santo dia após as aulas e futebol na
rua atrás do colegio. abraços a todos. momentos riquíssimos da minha vida,na época do CARLAO e
prof. HERMES.
Enviado por MAX OLIVEIRA CANNONIERI - maxcanno@hotmail.com
Publicado em 15/03/2011 estou com saudades imensa da turma de 79 a81 a noite, foi um periodo magico na minha vida , ate meu casamento saiu do levy, queria muito encontrar. pessoas, tinha amizade com varias classes e consegui depois de muitos anos reativar a famosa fanfarra do levy, fomos p/a rua depois de 10 anos parada;;;;;saudades Enviado por gutinho - tinhomsilva@yahoo.com.br
Publicado em 25/02/2011 Oi Marcia, pena não me lembrar de vc, mas fiquei emocionada quando li sua história, ou melhor a nossa história, falando do Levy com tanto amor e saudades; estudei lá de 1963 (ano que foi inaugurado o novo prédio na Indianópolis) a 1967. Concluí o ginásio em 1966, fiz o 1º ano clássico em 1967 e em 1968 fui p/ o Costa Manso estudar à noite pq. precisava trabalhar. Realmente tivemos grandes mestres inesquecíveis, lembro de alguns: Hermes, Nali, Nanci, Teresinhas: Novaes e Schmidt, Carmen, não era a múmia? rss. Gostaria muito de contatar colegas da época que infelizmente a vida nos separou; podem me contatar se lembrarem de mim. Um grande abraço com muito saudosismo e emoção. Deise P. Canton Enviado por Deise P. Canton - dpcanton@hotmail.com