Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Alberto Levy Autor(a): Márcia Ovando - Conheça esse autor
História publicada em 15/03/2007

Sempre que passo pela Avenida Indianópolis em frente do Alberto Levy o meu coração transborda de belas lembranças!
Mesmo passado alguns anos e com o crescimento do bairro e o intenso movimento de carros e ônibus na avenida, além das reformas não caprichadas, o prédio do Levy continua ali firme em sua imensa importância nesta avenida tão linda de São Paulo! Em pleno Planalto Paulista!
Impossível não lembrar da renovada matemática da professora Manhuncia; da análise sintática da professora Luzia; do nosso querido orfeão regido por dona Náli; o professor Hermes; as aulas de trabalhos manuais; as aulas de educação física e, principalmente dos nossos jogos de vôlei!
Inesquecíveis e tão inocentes cabuladas de aula: para ir até a feira... comprar pastéis ou passear pelas ruas ainda, sossegadas do bairro: Ceci, Irerê, Guaxins, Itacira e tantas outras!
Grandes mestres de fato, ali tive!
Grandes amizades ali fiz! Algumas curtidas até hoje! E vividas com intensidade em nossas reuniões e festas que sempre acontecem!
Alberto Levy: majestoso, grandioso na Avenida Indianópolis!
E majestoso, grandioso e querido demais em meu coração!

Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 14/01/2010 Tão linda quanto a minha no mesmo Colégio...só boas recordações, 07 anos de momentos inesquecíveis e convivência com mestres e alunos
maravilhosos! Sai do colégio em 1973.
Pois é...eu devo ter meme batido com Maria Moura e Lis, pelo menos tivemos os mesmos professores.
Quem não se lembra da "Múmia"??
P/ aqueles que conviveram comigo durante todos aqueles anos podem ter a certeza que foi a melhor fase de minha vida!!
Beijos a todos
Enviado por denise - denignl@hotmail.com
Publicado em 02/11/2009 Tambem estudei no Alberto Levy. De 1975 a 1978, participei do Coral da Profª Naly, prof. de Português Teresinha Novaes, de Matemática Terezinha Schmit de Ciência a linda Prof. Vânia e tantos outros. Na época a Distadura Militar inpunha respeito, mais segurança, e mais qualidade de vida. Tudo acontecia, Rita Lee e Tutti Frutti (Fruto Proibido) muita gente bonita. Principalmente as meninas mais velhas com uniformes de educação fisica. Enviado por joãoi carlos - castroviski@hotmail.com
Publicado em 02/11/2009 Tambem estudei no Alberto Levy. De 1975 a 1978, participei do Coral da Profª Naly, prof. de Português Teresinha Novaes, de Matemática Terezinha Schmit de Ciência a linda Prof. Vânia e tantos outros. Na época a Distadura Militar inpunha respeito, mais segurança, e mais qualidade de vida. Tudo acontecia, Rita Lee e Tutti Frutti (Fruto Proibido) muita gente bonita. Principalmente as meninas mais velhas com uniformes de educação fisica. Enviado por joãoi carlos - castroviski@hotmail.com
Publicado em 17/09/2009 Priscila Pupo Ceccon, você tem um parentesco com o Romeu Ceccon? Enviado por Paulo Gunji - paulo.gunji@terra.com.br
Publicado em 05/09/2009 Estudamos no Levy no período de 1972 a 1979 e lembramos muito do "galinheiro", pois votamos até hoje lá! Sentimos uma grande nostalgia ao lembrar daquele tempo. A Maria se lembrou do "Careca" e do "Bolacha", como também da Francelina, Hermes, D.Carmem e do Cocarelli(Inglês) e seu chapéu. Hoje somos pedagogas e lembramos da nossa trajetória como repetentes e das classes dos piores alunos (que foi aonde paramos)..rss.
Um beijo à toda a turma dessa época !!!
Enviado por Carla e Maria - laleta@uol.com.br
Publicado em 06/08/2009 cabe o cliche : a gente era feliz e nãO sabia, desconfiava talvez Enviado por valdemar Jorge - demajorge@gmail.com
Publicado em 10/07/2009 Querida, também estudei no Alberto Levy nessa época. Lembro-me da professora de LP (Achaluz), da Múmia (a professora de História) e do poderoso Carlão. Tive grandes amigos e momentos inesquecíveis. Parabéns por ter escrito esse texto! Enviado por Elisabeth Ramos da Silva - lis.ramos@uol.com.br
Publicado em 06/07/2009 Não lembro de você, mas também passei por lá, com o Prof. Hermes tive aulas de Desenho Geométrico,lembro da rigidez do Diretor Prof Carlos, ainda tenho fotos da época, mais ou menos 1964 a 1968... Enviado por Maria Aparecida Moura - mariamoura9@yahoo.com
Publicado em 18/06/2009 tenho ótimas recordações do levy,fui aluna do magistério e lá fiz grandes amizades que preso até hoje.agora estou numa luta para adquirir a lista de alunos do ano de 1996,porque vou dar uma festa de aniversário de 40 anos com todos que estudaram comigo e não estou conseguindo obter esta lista tanto no levy quanto no rui bloem , aonde fomos transveridas.apesar de tudo lembro-me com muito carinho das professora,mais em especial da prof.nelly Enviado por maria da graça bueno - maggiebueno@hotmail.com
Publicado em 09/06/2009 Márcia, infelizmente não fomos contemporâneos, mas sua história remeteu-me à época em que tive a felicidade de estudar no GEPAL. Fiz o Ginásio de 54 a 57,tempo em que o Levy utilizava as instalações do Cesar Martinez. Lembro-me bem do diretor Carlos Alvarenga, da feroz (e bonitona) inspetora D. Elza, dos professores Sangiorgi e Ary, das professoras Manhúcia, Lucila, Nanci. As aulas de ginástica no Clube Ipê e as Aulas cabuladas para ir à eposição do IV Centenário... Enviado por Luiz Guimarães - luizgga@gmail.com