Leia as Histórias

Categoria - Nossos bairros, nossas vidas Grande década de 1970 – São Paulo – Vila Mariana Autor(a): Luiz Costa Oliveira Junior - Conheça esse autor
História publicada em 12/09/2013

Nessa década, morava eu, meu irmão e minha mãe na Rua Vergueiro, antes morávamos na pensão do Sr. João, na Rua Stella, onde tinha o Colégio Bandeirantes, a loja da extinta Varig, onde fui agente, também o Ateneu Brasil onde estudava o saxofonista dos versáteis Ronaldo Lark, tinha o bar do Zé, a autoescola Stella onde eu e meu irmão nos habilitamos, o despachante Mario Cardomingo, e em sentido á Av. Paulista a Sears Roebuck e perto a sorveteria Alaska.

Voltando A Catedral Ortodoxa com sua belíssima cobertura, o Posto Atlantic do Sr. Sergio Goretti, na Rua Vergueiro, quando mudamos, ainda tinha as obras de fundação do metrô e a entrada do prédio novo era pela Rua Domingos de Morais em cima da Drogasil, tinha o supermercado Barateito, Galeria Capri, Cine Cruzeiro, Largo Ana Rosa, onde tinha o Rodão loja de pneus e acessórios para carros, na lanchonete Ype uma figura marcante era o flamenguista Helinho Mesquita, a Brandini fábrica de bicicletas, a Vilamar concessionária Fiat, o Cine Phenix.

Descendo a Rua Joaquim Tavora, repleta de indústrias como Lab. Climax, Bozzano Inc, Usafarama, Ron, Bacardi, tinha no final com a Rua Rodrigues Alves, em frente ao Instituto Biológico, o bar do Jabuti, do Sr. Ferreira e Sr. Nelson, mais o simpático garçom magrão, isso e que foi maravilhoso. Ah, uma correção feita em comentário anterior postado pelo meu irmão, o ginásio Carlinda Ribeiro era na Rua Benito Juarez donde me lembro com saudades do Inspetor Brandao, Amelinha, os alunos Lourival Simões Bastos, Felipe Dib Raul Rodovalho, Marilia Serpa, que cabulava aula comigo, fugindo pelos fundos que era O Lab Climax.

Falando da pensão, tinha o Sergio Poste, o Boris que nos servia com o dedão no feijão, a cozinheira Maria, a cadela Faisca, que hoje me inspirou e tenho uma gata com o nome Faisca, na cidade onde moro, hoje, Lins-SP, também corrijo o nome de uma lanchonete famosa na Rua Cubatão, Ki Tranqulidog, onde tinha o chapeiro Toninho ah, e as músicas, ouvia muito a rádio difusora e a Jovem Pan e comprava Lp’s no Pão de Açúcar do Largo Ana Rosa, onde foi o Cine Cruzeiro Luiz Costa.

E-mail: semnomesa@yahoo.com.br
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 16/09/2013

Luiz, peguei uma "carona" no seu passeio pela Vila Mariana, eu conheci alguns dos lugares citados por voce, bons tempos, parabens pelo texto.-

Enviado por Leonello Tesser (Nelinho) - lt.ltesser@hotmail.com
Publicado em 13/09/2013

Bons tempos aqueles que a gente sabia direitinho, quem era quem.

Enviado por Marcos Aurélio Loureiro - marcos.lour@yahoo.com.br
Publicado em 12/09/2013

LUIZ.tinha a igreja SANTA GENEROSA,no largo. e a linda BOATE SEMBA 50 do meu amigo WATER,ao lado do restaurante,

LINDOS TEMPOS.

Enviado por João Cláudio Capasso - jccapasso2@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »