Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Vila Nova Conceição Autor(a): Alcione Godoy Pires - Conheça esse autor
História publicada em 11/04/2014
Com 67 anos, quero destinar essa crônica às lembranças da infância e juventude na Vila Nova Conceição e adjacências.
 
Quem não se lembra do Cine Radar, na Av. Santo Amaro, depois transformado em Cine Del Rey? E um pouco mais adiante, o Cine Excelsior, depois também renomeado de Cine Guarujá? E o Cine Graúna, rebatizado de Cine Chaplin? O único que nasceu e morreu com o mesmo nome foi o Vila Rica. Mais tarde nasceria também o Bruni Vila Nova.
 
E as confecções mais antigas do bairro? A Franita (hoje parece que está na Chácara Santo Antonio) e a Gledson, onde todos os jovens compravam seus Jeans... E ao lado do Monumento às Bandeiras, no Ibirapuera, quem não se lembra do outdoor da Trivelato, o primeiro outdoor com movimento? A Caçamba do caminhão subia e descia...
 
Depois, a gente teve o Chico Hambúrguer, hoje na Ibirapuera, mais luxuoso, mas com a mesma qualidade de sempre... O Grupo Escolar Martim Francisco, resistindo heroicamente às estocadas até da Prefeitura da Martha, que queria derrubá-lo para construir uma "villa" para meia dúzia de amigos... 
 
E a Igreja de São Dimas, com o Padre Arnaldo, com toda a sua fama.... A Paulino Pizzaria (hoje na Chácara Santo Antonio também)... Inúmeros boliches que resistiram alguns anos e sumiram... Uma pista de skate, a melhor do mundo na época... Uma boate, acreditem... Alguns drive inn, inclusive o último foi substituído faz bem pouco tempo por uma loja de hambúrguer internacional... 
 
O Ibirapuera com seus barquinhos a remo e a motor nos lagos, o restaurante sobre o pontilhão, e a lanchonete à beira do lago, onde havia o melhor banana split do mundo... “Êta” mundo bom, que saudades... 
 
E-mail: alcionegpires@ig.com.br
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 14/04/2014

Alcione, desculpe: bem-vindo ao site. Saiu um "a" errado. Um abraço.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 14/04/2014

Alcione, seja mito bem-vinda ao site e, para começar, feliz aniversário. Que Deus ilumine sempre os seus caminhos e que tenha sempre muita paz. Gostei muito do seu texto, mas infelizmente não conheço o seu bairro. Escreva mais. Estamos no aguardo.Um abraço.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 13/04/2014

Alcione, lindas e boas recordações, não tem como esquecer.Um abraço.

Enviado por Margarida Pedroso Peramezza - margaridaperamezza@gmail.com
Publicado em 13/04/2014

São estas lembranças que aquecem nossa alma quando passamos por estes lugares e resgatamos como eram maravilhosos os tempos em que a paisagem era outra...Quase tudo mudou ou foi substituído,mas agente amava a forma em que era o nosso bairro,e a nossa gente.Realmente o mundo era melhor,e eu também tenho saudades...

Enviado por Walquiria - walquiriarocha@yahoo.com.br
Publicado em 12/04/2014

Alcione, Nasci, e ao longo dos meus 80 anos continuo morando nesse bairro. Seu relato me fez relembrar com saudades de todos

Alcione, nasci, e ao longo dos meus 80 anos continuo morando nesse bairro. Seu relato me fez relembrar com saudades de todos os locais que você citou. Se você conheceu o G.E. Martim Francisco, deve ter conhecido também a Papelaria Martim Francisco. Eu era o proprietário. Até 1981 estava instalado na Av. Santo Amaro a menos de 30 metros da Pizzaria Paulino. A partir daí mudei para o outro lado da Avenida a 20 metros do atual Super Mercado Pão de Açúcar onde outrora havia um Boliche (Bem Bolado Boliche) que foi palco da filmagem de um dos programas do famoso Chico Anísio Show. Que saudades! Parece que esta é a sua 1ª história neste site. Parabéns e continue escrevendo sobre nosso bairro. Abraços - Roberto Capuano

Enviado por Roberto Capuano - robertocapuano@grafixdigital.com.br
Publicado em 12/04/2014

Alcione, permita-me citar também a Cantina da Tia Rosa, ficava à esquerda da Av. Santo Amaro no sentido centro/bairro se não estou enganado, lá tive oportunidade de saborear uma inesquecível lazanha, parabéns pelo texto.

Enviado por Nelinho - lt.ltesser@hotmail.com
Publicado em 11/04/2014

Sempre há recordação do lugar em que você passou a infância, e assim sempre recordo com saudade da chácara de meu avô e o Grupo Escolar Martim Francisco. Vide no site:

Vila Nova Conceição e a casa do meu avô

http://www.saopaulominhacidade.com.br/historia/ver/3663/Vila%2BNova%2BConceicao%2Be%2Ba%2Bcasa%2Bdo%2Bmeu%2Bavo

Parabéns!

Enviado por Carlos Fatorelli - cafatorelli@gmail.com
« Anterior 1 Próxima »