Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Copa do mundo, “Yes”! Autor(a): Luizinho trocate - Conheça esse autor
História publicada em 07/05/2014
Está chegando mais uma! Já vi várias; tomara ver esta também.
 
Não se espera muito do time do Brasil, percebe-se o temor no ar, mas não há outro jeito senão acreditar. Claro que já fomos bem melhores.
 
Nos papos de boteco em São Paulo sempre surgem listas de convocações, o que “cada um faria se fosse o Felipão”, eu particularmente montaria a seleção com Fábio, Daniel Alves (o da banana), Miranda, David Luís e Marcelo; Arouca, Robinho, Oscar e Ronaldinho Gaúcho; Neymar e Fred. Se o Brasil ganharia a Copa ou não, isso eu não sei, mas seria um futebol bonito de se ver.
 
Outra relação que gosto de fazer é dos cinco maiores jogadores que vi atuar. Pelé, o maior de todos, Ademir da Guia, Falcão, Neymar e Rivelino (antigamente era o Gérson, mas agora tirei e coloquei o Neymar). Depois vem Sócrates, o timaço quase todo do Santos dos anos 50 e 60, Tupãzinho (do Palmeiras), Platini, Maradona (médio, muito longe dos primeiros cinco jogadores citados), Garrincha (vi muito pouco). Tostão também eu gostava, para mim não era craque, lembrava muito o Diego do Santos e, assim como o Diego, jogava muito. O Romário e o Rivaldo, o melhor jogador da Copa 2002, também.
 
Futebol é arte, futebol é paixão e adoro discutir sobre isso (também gosto muito de discutir política e religião). Agora é esperar e ver no que vai dar e enquanto espero vou curtindo U2 e Norma Winstone que arte, além de futebol, também é - e muito - isso.
 
E-mail: slramos@bol.com.br
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 08/05/2014

Ou vimos grandes jogadores atuarem nas seleções que deram cinco títulos mundiais, ou nos tornamos exigentes demais, e os escolhidos para satisfazer o futebol brasileiro, espécie de controle de massa, são realmente a única opção da atualidade nesta legião estrangeira milionária.

Enviado por Carlos Fatorelli - cafatorelli@gmail.com
Publicado em 08/05/2014

Vamos lá, Luizinho, com pipoca e bola prá frente. Um abraço.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 08/05/2014

Trocate,acontece que hoje em dia o futebol está nivelado e na maioria das vezes por baixo,ninguem é mais bôbo, em toda parte do mundo se joga bola, são raros os times que permanecem em alta por muito tempo, a não ser alguns da Europa que com o poder aquisitivo montam verdadeiras seleções, parabéns pelo tema,Estan.

Enviado por Estanislau Rybczynski - estan_tec@hotmail.com
Publicado em 08/05/2014

Significativas comparaçoes sobre craques de jogadores brasileiros. Concordo com vc, Trocate, já houve época de valores bem superiores. Depois de assistir ontem a derrota do Palmeiras para o Sampaio Correia por 2 a 1 e de virada, pra mim é a derrocada final daquele grande futebol que o outrora o "Verdão" nos brindava semanalmente. Parabéns, Luizinho.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 08/05/2014

Luizinho, o Brasil tem milhões de técnicos, cada um com seu modo de ver, mas no momento eu acho que só podemos formar uma seleção com os jogadores que estão jogando lá fora pois aquí os times estão caindo pelas tabelas, parabéns pela escolha dos craques.

Enviado por Nelinho - lt.ltesser@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »