Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Por detrás das cortinas Autor(a): Arthur Miranda (Tutu) - Conheça esse autor
História publicada em 13/05/2014
Em 1971, eu estava voltando a São Paulo depois de uma temporada de quatro meses no Rio de Janeiro, no Teatro Serrador, com a comédia “Esses Homens Traidores e seus galhos Maravilhosos”, peça que contava com um bom elenco formado por Gracinda Freire, Miriam Rodrigues, Milton Moraes, eu e o grande humorista José Vasconcelos.
 
Na mesma época, eu também, juntamente com humorista e hoje apresentador Raul Gil, mais a comediante Berta Loran, participávamos também de um quadro fixo no programa Silvio Santos, que naquele tempo era apresentado no auditório da TV Globo de São Paulo, cujo auditório ficava no prédio do antigo cine Miami, na Praça Marechal Deodoro, ao lado do hoje conhecido Minhocão, ainda em obras.
 
Nessa mesma época eu fiz durante perto de 12 meses um comercial da conhecida Loja de presentes GG – Gabriel Gonçalves, onde depois da apresentação os artigos estariam em destaques com os preços mais baixos durante a semana, e no fechamento do comercial a voz do locutor perguntava: “É na Gabriel Gonçalves não é?” E então entrava a minha cara onde eu dizia o bordão: “evidentemente”.
 
Mas voltando ao Teatro das Nações, essa peça foi escrita especialmente por um amigo na época casado com uma atriz e vedete carioca, Tânia Porto, e contava a história de um auxiliar que em todo teatro de revista é contratado para ajudar a estrela e vedetes na troca de roupas de cena; como também costurar alguma peça danificada pela troca constante, assim como também nos intervalos das seções comprarem lanches, ou coisa que o valha. 
 
Nessa peça o personagem, que foi interpretado pela minha pessoa, era o centro da peça. E o mesmo era alguém muito dedicado ao trabalho, mas que possuía uma ambição de um dia tornar-se um grande artista.
 
O elenco era formado por Ana Maria Sueiro, Tânia Porto, Eu, Adib, Miguel Rosenberg, Lucia Nery e um conjunto muito bom de músicos oriundos de ótima escola de músicos em Tatuí – SP (infelizmente eu não me lembro mais do nome do conjunto).
 
Bem, falei tudo isso para dizer que no dia da estreia a sessão foi dedicada aos críticos teatrais. Eu e mais um irresponsável resolvemos sacanear todo mundo, então comprei em uma farmácia da Alameda Grete, que ficava ao lado, três vidros de um purgante que não tem gosto nem odor e era incolor, chamado Gutalax (não sei se ainda existe), despejei todo o conteúdo do mesmo nos refrigerantes que foram servidos ao pessoal presente.
 
Resultado: uma hora e meia depois foi grande correria aos banheiros. Tivemos que correr às pressas à farmácia comprar mais papel higiênico. É costume na estreia de uma peça de teatro, os convidados e amigos dizerem “merda”, no lugar de desejar sucesso para o elenco e responsáveis pela peça. Naquele dia não só desejaram como também literalmente fizeram.
 
E-mail: 27.miranda@gmail.com
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 14/05/2014

Mas Arthur, você é incrível.

Enviado por Marcos Aurelio Loureiro - marcoslur_ti@yahoo.com.br
Publicado em 14/05/2014

Arthur, quando comecei a ir a cidade (centro)despertou me conhecer esses teatros em revista como Nações, Natal, Santana, porem todos em plena decadência incicio dos anos 70, inclusive um deles chovia dentro, mas deu para conhecer alguma coisa desse mundo que com o circo foi o inicio de tudo que hoje vemos por ai e voce a representou muito bem e nos tras detalhes que parece que vimos, parabéns,Estan.

Enviado por Estanislau Rybczynski - estan_tec@hotmail.com
Publicado em 14/05/2014

Sua experiência é algo que nos prende até ao final do desfecho da história, realmente de quem entende do enredo, com começo, meio e fim bem elaborado. Parabéns!

Enviado por Carlos Fatorelli - cafatorelli@gmail.com
Publicado em 14/05/2014

Tutu, sempre falei que o melhor de uma comédia teatral, estava nos bastidores. Vc não deixa por menos, Arthur, a improvisação dá melhor resultado do que o programado. Principalmente quando tem Gutalax pra ajudar. Parabéns, Arthur, um abração.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 14/05/2014

Arthur, esse texto esta com um mal cheiro, vou colocar um pouco de bom ar, na tele do computador(risos)

o gutalax ainda existe,

Enviado por João Cláudio Capasso - jccapasso2@hotmail.com
Publicado em 13/05/2014

Tutu, que tremenda sacanagem, justo no dia da estréia da peça! na época não havia ainda o papel higiênico "Neve", vocês devem ter comprado o "Sul América", parabéns pelo texto.

Enviado por Nelinho - lt.ltesser@hotmail.com
Publicado em 13/05/2014

Arthur, você é impagável. Uma grande amiga , aqui de Florianópolis, fez o mesmo com uma prima que adorava menosprezar os outros. Na época, eu achei divertido. Hoje eu não penso mais assim. Um abraço.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 13/05/2014

Arthur - Hoje em dia as maldades são diferentes da nossa época. No Cine São Luiz no Tatuapé quando o filme era bom e lotava o cinema, eles abriam a parte de cima. Ai tinha " Pó de mico" O pessoal de baixo sofria. Forte abraço ...

Enviado por José Aureliano Oliveira - joseaurelianooliveira.aureliano@yahoo.com.br
Publicado em 13/05/2014

Querida Wal, acho que eu melhorei muito, mas é o tal negocio, as vezes eu tenho umas recaídas, mas é claro que agora mais maduro, as brincadeiras são sempre mais suaves e responsáveis. kkkk.

Enviado por Arthur Miranda (Tutu) - 27.miranda@gmail.com
Publicado em 13/05/2014

Arthur, lembro muito bem do senhor no comercial da Gabriel Gonçalves e suas divertidas atuações no Programa Cidade de Araque da TV Bandeirantes e na TV Excelsior. Só fico imaginando o que o senhor já não terá aprontado nos bastidores.

Enviado por Abilio Macêdo - abilio.macedo@bol.com.br
« Anterior 1 2 Próxima »