Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Alto do Ipiranga Autor(a): Julia Poggetti Fernandes Gil - Conheça esse autor
História publicada em 15/05/2014
Doceria Guaxupé desde 1961 - R. Vergueiro, 1649 – Alto do Ipiranga – SP.
 
A mana caiu e quebrou a perna, então fomos visitá-la; está em uma nova casa de repouso, agora no Alto do Ipiranga, parece ser melhor. Combinei com a Silvia um encontro na estação Alto do Ipiranga, fomos almoçar no Ragazzo da R. Vergueiro com a R. Gentil de Moura, o mais próximo (para falar a verdade não gostei muito não).
 
Antes de nos dirigirmos para a casa de repouso que agora fica na R. Salvador Simões, demos uma passadinha na doceria Guaxupé que fica na R. Vergueiro, 1649 – Alto do Ipiranga, doceria esta que foi fundada em 1961 e nos remete à nossa infância.
 
Deliciamos-nos com um “mil-folhas” que estava divino, compramos um mousse de maracujá diet para a mana. A doceria mantém a qualidade até hoje.
 
E como este mundo é pequeno demais, na segunda-feira, contando para as amigas da academia aqui em Ribeirão que fui para Sampa no domingo, falei do doce mil-folhas que comi na doceria, não é que uma delas me disse que era do Alto do Ipiranga e morou ao lado dessa doceria?
 
Incrível não é?
 
Cada vez que vou a São Paulo volto cheia de recordações, algumas boas, outras nem tanto, mas o que importa é levar amor e alegria para a nossa Dra.
 
E-mail: gibajuba@yahoo.com.br
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 15/05/2014

Julia, a doceira que você citou também serve um sorvete delicioso, os doces então nem se fala, como antigo morador do bairro sempre passo por lá, parabéns pelo seu texto.

Enviado por Nelinho - lt.ltesser@hotmail.com
Publicado em 15/05/2014

São Paulo possui uma diversidade tão grande de setores que é impressionante sua capacidade de manter uma estrutura imensa de vários locais diferentes e se não é o maior centro gastronômico do mundo, está entre os primeiros lugares do setor. O Ipiranga é sempre parte da historiografia nacional.

Enviado por Carlos Fatorelli - cafatorelli@gmail.com
Publicado em 15/05/2014

Ir a um restaurante e não gostar muito, é parte de uma pequena viagem, Ir a doceira Guaxupé apreciar seus quitutes, é outra parte. Como na vida, a gangorra sempre que sobe, desce com a mesma facilidade. Mante-la em linha reta, no equilíbrio, é a nossa missão. Parabéns pelo texto, Poggetti.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 15/05/2014

Fico feliz que ela já esteja melhor.

Um abraço.

Saudades do Ipiranga,um bairro bem simpático.

Enviado por Benedita Alves dos Anjos - dosanjos81@gmail.com
Publicado em 15/05/2014

Boas recordações a gente sempre consegue em S.P., Júlia. Que bom! Melhoras para a sua irmã e futuras lindas lembranças . Um beijo.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 15/05/2014

Querida Julia,conheço muito a doceria Guaxupé e seus famosos bolos e doces,assim como o Ragazzo da Vergueiro (que já esteve melhor no sabor e nos pratos servidos) Eu conheço de passagem a Clínica de repouso da Salvador Simões e de repente me deu uma vontade imensa de visitar sua irmã doutora saber o que ela gosta para levar e se possível conversar com ela algum tempo para trocarmos recordações ou apenas jogar conversa fora,já que moro ao lado do Ipiranga.Se voce preferir me avise quando virá novamente para eu te encontrar lá no local e voce me conhecer e saber que eu quero apenas preencher um pouco do dia da sua irmã doutora para rirmos de coisas banais e eu poder dar um pouco mais de alegria a ela...Aguardo sua resposta. BEIJOS!!!

Enviado por Walquiria - walquiriarocha@yahoo.com.br
« Anterior 1 Próxima »