Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Saudades da minha escola Autor(a): João Marquezin - Conheça esse autor
História publicada em 27/08/2014

Na classe de uma escola

Onde a criançada estuda

A mente aprende, decola

E toda a sua vida muda

 

Escolas templo sagrado

Local com alto fluído de

Amor e santidade.

Escola depositária do saber,

Onde se aprende

Cidadania e dever.

Quando o ensino

É de qualidade!

 

Escola, quanto tempo faz

que não entro em sua sala.

Da professora não escuto a fala

Sua figura não vejo mais.

 

Porém recordo com ternura,

Da minha escola com amor

Do ambiente amigo acolhedor

De uma época feliz, que gostosura!

 

Do prédio velho sem pintura,

Do assoalho desgastado pelo uso.

Todos os dias novas aventuras.

Do recreio barulhento, confuso.

 

E a professora , então!

Enérgica, mas bondosa, um pão

Ensinava, nos acariciava,

Era um só coração!

 

Há meio século para trás,

Ainda vejo as crianças suadas

Como bandos de alegres pardais

Rindo, as bandeiras despregadas

 

Os tempos são outros, as crianças não.

O mesmo barulho, a mesma confusão.

Se algo mudou foi o tempo

Mas não a emoção

Eu também não !

 

Ficou a saudade,

Com muita razão.

Pra dizer a verdade

Foi-se o tempo bom.

 

Mas tenho a certeza,

Que isto eu vejo

Em muitos amigos

O mesmo desejo.

 

Desejo de um dia

Ao passado voltar,

Para nossa alegria.

 

Sentir -se criança

Ter também a esperança

Do mundo mudar, algum dia.

 

E-mail: joaomarquezin@yahoo.com.br
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 28/09/2014

Minhas queridas,permita-me que as chamem assim, que por suas palavras de incentivo e elogios me fizeram sentir como se eu realmente tivesse todos esses meritos que voces me concederam,Wlquiria e Vera, muito agradecido e

vou tentar ver se consigo enviar outros relatos com um teor sempre digno e feliz, ao Nélinho tb. muito grato pelas palavras, somos todos viajantes de um tempo que comparado aos de hoje nós levamos muita vantagem, mas se nós tivessemos, digamos, uns 10% de politicos honestos tenho certeza que no Brasil seria quase maravilhoso, gratos a todos, e tambem parabens pelas seus contos. abraços, do Marquezin. S.P. 28/9/014.

Enviado por João Marquezin - joaomarquezin@yahoo.com.br
Publicado em 10/09/2014

Quantas saudades guardamos da nossa escola...a primeira professora...os amiguinhos da classe... os anos que iam passando e a gente crescendo...mais amigos, outros professores...a formatura do primário e a despedida...pois cada um tomava seu rumo...Hoje as imagens foram enfraquecendo pelos anos passados,mas a saudade daquele tempo permanece forte...

Enviado por Walquiria - walquiriarocha@yahoo.com.br
Publicado em 30/08/2014

Modesto, muito gratos pelo seu comentario neste e nos outros contos que eu tenho enviado ao sp, minha cidade, não escrevi antes por falta de pratica ao manusear o computador, sabe né, nós os veteranos temos mais dificuldades c/ estes novos equipamentos, preciso adentrar c/ mais abrangencia nessa galera bonita que tem sentimentos e que nunca irá esquecer os momentos bons que passamos, pois os momentos ruins nós mandamos prá escanteio,e tchaú e bença, mas estou com outro conto muito interessante em aprovação, se aprovado vou ficar ainda mais feliz, agora, você já tem um numero bem grande de fatos enviados , muitobom, precisamos mostrar que o passado tambem teve vida, e que vida, muito gratos por suas palavras e tambem muitos parabens a você, até breve Marquezin abraços.

Enviado por João Marquezin - joaomarquezin@yahoo.com.br
Publicado em 30/08/2014

Marquezin, meus parabéns pelo poético texto, mixto de saudade e sincera homenagem aos professores da infância, transportou=me também ao passado, continue escrevendo.

Enviado por Nelinho - lt.ltesser@hotmail.com
Publicado em 29/08/2014

Maravilhoso, João. Esse tempo era bom demais, com sonhos, fantasias, imaginação. Lindo texto. Meus parabéns e receba o meu abraço.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 28/08/2014

Que lindos versos, João, de uma simplicidade e pureza que só um frequentador de aulas do nosso primário poderia escrever. Realmente, temos muita saudades daqueles tempos e vc, com estas estrofes, nos proporcionou momentos de retorno aquela época. Parabéns, Marquezin.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »