Leia as Histórias

Categoria - Outras histórias Planetário Autor(a): Benedita Alves dos Anjos - Conheça esse autor
História publicada em 30/09/2014
Bom dia a todos os meus inesquecíveis amigos. Estou de volta, contando minhas historias, tão breves como a vida é.
 
Sempre que olho para o céu, daqui do interior, vejo muitas estrelas. Mas não tantas como as que eu via no Planetário.
 
Fui ao Ibirapuera muitas vezes, somente com esse propósito: ver as constelações no céu. Saia de lá abobada com tanta beleza.
 
E ainda estão nascendo estrelas, porque o universo está sempre em evolução.
 
O homem está depredando, queimando, matando este lindo planeta. Como um usurpador que pela desmedida ambição nada perdoa, vai passando um rolo compressor, destruindo tudo.
 
Oxalá! Demorem bastante tempo para chegar às estrelas, se é que um dia chegarão, porque com certeza irão apagar o brilho delas.
 

 

E-mail: dosanjos81@gmail.com
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 07/10/2014

Benedita:

Quando jovem ouvia, na rádio, uma música cantada por Osni Silva....

>>>>>"Almofada de veludo, céu parece, e as estrelas alfinetes prateados......"

Hoje moro num pequeno sítio no interior de São Paulo, e à noite procuro no céu o Cruzeiro do Sul; a Choquinha e outras constelações;que meu pai identificava, no seu linguajar matuto; mas o clarão das cidades ofuscam o brilho das estrelas......que pena....

Enviado por Luiz C. Peron - luizcperon@bol.com.br
Publicado em 07/10/2014

Benê, eu também fico pasmo quando observo o Céu, à noite. É de um esplendor impar. Agora imagina a força a grandeza de quem criou e comanda tudo isso.

Enviado por Marcos Aurélio Loureiro - marcoslur_ti@yahoo.com.br
Publicado em 06/10/2014

Benedita, lá em Boituva a gente ainda consegue ver o brilho das estrelas e o pátio banhado pelo luar, aquí na Capital a poluição não permite esse luxo, parabéns pelo texto.

Enviado por Nelinho - lt.ltesser@hotmail.com
Publicado em 02/10/2014

Realmente, Dos Anjos, o planetário é uma das maravilhas que faz o orgulho dos paulistanos crescer mais ainda. Olhar pro céu estrelado,

é, sempre alegria, constante,

céu sem estrelas, lesado,

escuro é, por demais irritante!

Parabéns, Bene, texto gracioso.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 30/09/2014

Que bom ver que você voltou amiga, este site é tão bom que não consigo me distanciar muito dele.

Parabéns pelo seu texto.

Enviado por Julia Poggetti Fernandes Gil - gibajuba@yahoo.com.br
Publicado em 30/09/2014

Acertou Benê,se alcançassem apagariam até o brilho das estrelas...

A maioria do ser humano é depredador,e os cosidero despresíveis...

Enviado por Walquiria - walquiriarocha@yahoo.com.br
Publicado em 30/09/2014

Benê, minha querida, ainda bem que você voltou. Eu estava com saudades e preocupada com o teu sumiço. Parabéns pelo texto e continue observando as estrelas, os espaços, as belezas da vida. Isso alimenta a alma. Um beijo.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
« Anterior 1 Próxima »