Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Marginal Pinheiros Autor(a): Ana Regina Carnevalli Parra - Conheça esse autor
História publicada em 16/10/2014
Amanhece já com veículos em velocidade.
Alguns escapando do horário de rodízio,
Outros, mais lentos, cada um procurando o seu destino.
A cidade acorda para mais um dia agitado,
No meio das incontáveis motocicletas,
Que passam, entre os carros, destemidas.
Ônibus privilegiados por faixas exclusivas,
Já lotados de passageiros.
É uma pena, porque a qualidade do serviço
Depende do aumento do número deles
E de capacitação dos motoristas.
A marginal corta a cidade toda e propicia
Visão fantástica de pontes estaiadas
E modernos edifícios.
Mais verde e flores sempre são bem vindos
E quem sabe, ainda um dia,
Viabilizar a navegação pelo seu rio!
 
E-mail: arcparra@ig.com.br
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 24/10/2014

Regina, bela poesia e relato fiel.

Lembro dos anos 50 quando a hoje marginal era um imenso areial resultado da dragagem de retificação feita no Rio Pinheiros. Quem poderia imaginar naquelos idos no que se transformaria. Ainda bem que as memorias e emoções escritas são eternas.

Enviado por Johannes W Luyten - jwluyten@yahoo.com
Publicado em 23/10/2014

Minha querida Ana, gostei muito do seu texto. Uma homenagem muito bela à cidade a partir de um segmento de imensa importância. Parabéns, querida.

Enviado por Vera Moratta - vmoratta@terra.com.br
Publicado em 22/10/2014

Verdade, amarginal, é uma das artérias de SP de grande importância, mas como tenho ido com frequencia à SP, também tebho notado que o mal cheiro do rio está cada vez pior, quem dera ver um dia suas margens cheias de árvores e sua água tratada.

Parabéns Regina.

Enviado por Julia Poggetti Fernandes Gil - gibajuba@yahoo.com.br
Publicado em 21/10/2014

Regina, um brilhante texto em forma de poesia enaltecendo nossa Marginal Pinheiros. Bem elaborada, com critério e gosto, dando satisfação a sua atora e aos leitores. Parabéns, Parra.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 18/10/2014

Ana, realmente a marginal nos oferece diáriamente um espetáculo de pujança e trabalho que o povo de São Paulo nos apresenta, quanto ao rio não sei se terá remédio, parabéns pelo texto.

Enviado por Nelinho - lt.ltesser@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »