Leia as Histórias

Categoria - Paisagens e lugares Avenida Morumbi da minha infância Autor(a): Klaus Mock - Conheça esse autor
História publicada em 28/01/2015
Hoje vejo como o tempo realmente voa. Já passei dos cinquenta, moro longe de onde passei minha infância e morro de saudades... É uma vontade imensa de poder voltar.
 
Fecho os olhos por uns instantes e como num passe de mágica, me vejo menino novamente. No Brooklin, posso sentir o cheiro de infância e rever pessoas que já nos deixaram.
 
Pouco a pouco, vou reconstruindo a fotografia. Estou no quarteirão entre a Gabriel de Lara e a Godoy Colaço, só que na Avenida Morumbi. Vejo na esquina a panificadora África. Dentro estão seu Manoel e seu Henrique; ao lado está a avícola do seu Armando, que depois virou a lanchonete Corujão, que tem por vizinho a Droga Lucia do Sr. Nelson, um Japonês, e sua esposa dona Lucia que quantas vezes foram nos atender em casa.
 
Outros tempos... Sr. Nelson, todos os Natais, ia em casa deixar uma lembrancinha para meus pais. Depois a seu lado construíram uma área grande que foi um supermercado, acho que bazar. Existiam algumas residências que hoje são pontos comerciais e na esquina o Bar do Xaxá, onde muita gente do bairro frequentava, pescadores, caçadores e mentirosos... 
 
Um pouco à frente, neste mesmo lado da calçada, existia o bazar da dona Alda, a Eletrônica do Murilo (que ainda existe), a Pizzaria Esperanza (que era simples, mas tinha a melhor pizza e pão recheado do Bairro); existia uma loja que depois virou o salão da Gesy e o Bar do Paulinho.
 
Do outro lado tinha a Balila, o laboratório farmacêutico, uma lanchonete e consultório do Dr. Luiz. O famoso Dinhos Place era uma churrascaria numa casa de madeira em frente à praça.
 
Ainda deste lado, existiu uma discoteca, um açougue, uma quitanda e um bar. Tudo o que se precisava pertinho.
 
Eram pessoas honestas, trabalhadoras e bondosas que nunca saíram de minha cabeça. Posso sentir o gosto das bombas de chocolate da padaria, o hambúrguer do Corujão, as vitaminas do Xaxa, e a pizza de sonho da Esperanza.
 
Fomos tão felizes... Restou saudade e uma vontade imensa de poder voltar. Agradeço a Deus por ter me permitido viver neste pedacinho do paraíso.
 
E-mail: klausmock@gmail.com
Localização da história
Login

Você precisa estar logado para comentar esta história.

Antes de Escrever seu comentário, lembre-se:
A São Paulo Turismo não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Publicado em 29/03/2015

Uma das mais bonitas avenidas de SAMPA tem até o Palacio do Governo,clubs,etc e tal e mariposas.........

Enviado por Vilton Giglio - viltongiglio25@gmail.com
Publicado em 02/02/2015

Um poético retorno ao Morumbi em épocas saudosas de doces recordações. Parabéns, Klaus, um "monólogo" bem estruturado.

Modesto

Enviado por Modesto Laruccia - modesto.laruccia@hotmail.com
Publicado em 31/01/2015

Klaus, o Livro do Tempo vai virando suas páginas e deixando lembranças em nossa mente, mas sempre é possível voltar aos locais que deixaram boas lembranças, quem sabe um dia você retorna? parabéns ´pelo texto.

Enviado por Nelinho - lt.ltesser@hotmail.com
Publicado em 29/01/2015

Klaus, como é bom recordar, se comparado com os dias atuais, vemos muita pouca chance das crianças de hoje poderem como nós ter este privilegio de voltar ao passado,com tantas e boas lembranças, já se extinguiram os jogos de pião, bolinhas de gude, uma na mula, futebol no campinho,etc.E tb. as briguinhas onde se fazia rodinha p/ ver quem era melhor, que pena ! Hoje é computador, video game, celular que transformou todo mundo em verdadeiros surdos-mudos. Parabens Klaus, Marquezin.

Enviado por João Marquezin - joaomarquezin@yahoo.com.br
Publicado em 29/01/2015

klaus, nas entrelinhas pude sentir as saudades que você descreve da época de menino.

Outros tempos..., com mais simplicidade em todos os aspectos; e como era bom, todos se entendiam bem.

Aproveitei para ler suas outras histórias que falam do Brooklin; pois conheço muito pouco do bairro e percebi todo o encantamento por esse local. Parabéns. Niderce Teresa

Enviado por Niderce Teresa Martins - niderceteresa@bol.com.br
Publicado em 29/01/2015

Assim como o Brooklin, todos os bairros no entorno sofreram profunda modificação, no caso do Brooklin, outra referencia que acabou entre muitos foi o colégio Meninopolis, mas algumas ruas ainda conservam o bucolismo antigo como também ainda hípica, parabéns pelo texto,Estan.

Enviado por Estanislau Rybczynski - estan_tec@hotmail.com
Publicado em 28/01/2015

Klaus se puder dê um jeitinho de voltar...volte no bairro e ande a pé pelas ruas onde você foi tão feliz e tem tantas recordações...Eu voltei e não encontrei mais ninguém e mais nada...tudo mudou..as casas antigas viraram predios,sobrados e comércios e os vizinhos ou morreram ou mudaram e ninguém sabia me dizer nada...Mas valeu muito a pena, senti o cheiro daquele lugar que estava tatuado na minha memória e por muito tempo este cheiro ficou em mim...Volte lá e mate as saudades...

Enviado por Walquiria - walquiriarocha@yahoo.com.br
Publicado em 28/01/2015

O primeiro parágrafo parece que foi escrito por mim mesmo:

"Hoje vejo como o tempo realmente voa. Já passei dos cinquenta, moro longe de onde passei minha infância e morro de saudades... É uma vontade imensa de poder voltar."

Espero que você consiga voltar...........e eu também.

Enviado por Almir . - almir1960@hotmail.com
« Anterior 1 Próxima »